‘Boi Manaus’ recebe 3,6 mil pessoas vacinadas na 1ª noite de comemoração

Foto: Altemar Alcântara / Semcom

A Prefeitura de Manaus, por meio da Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), informa que 3,6 mil pessoas vacinadas contra a Covid-19 passaram pelo “Boi Manaus”, na primeira noite de comemoração do aniversário de 352 anos da capital amazonense, na sexta-feira, 22/10. O evento continua neste sábado e domingo, 23 e 24, no Centro de Convenções (sambódromo), zona Oeste, e para participar é necessário apresentar o comprovante de vacinação das duas doses ou dose única.

O evento, que teve oito horas de duração, seguiu todos os protocolos de segurança sanitária e as recomendações do distanciamento controlado, incluindo a observação do número máximo de pessoas no ambiente que, conforme decreto estadual, tem limite de cinco mil pessoas.

O local possui quatro pontos de acesso com distribuição de máscaras e conferência do ciclo vacinal completo, pelo portal “Imuniza Manaus”, além do recebimento de testes apontando negativo para a Covid-19, nos casos de pessoas vacinadas após o dia 1º de outubro.

Foto: Altemar Alcântara / Semcom

A operação de segurança sanitária conta com a fiscalização de agentes da Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas e da Secretaria de Saúde do Estado e prefeitura que, para a execução do plano de operacionalização do evento, testou mais de 630 pessoas, entre artistas e trabalhadores, além da checagem do cartão de vacinação. O teste nesses profissionais é uma das exigências para o acesso ao evento, que também conta com a obrigatoriedade de apresentação do comprovante de vacinação.

Não foram identificados casos positivos de Covid-19 e ao menos 50 pessoas do público geral tiveram o acesso negado ao evento, por falta de comprovação da vacinação ou não vacinação.

“Existe uma preocupação muito grande por parte de toda a gestão do prefeito David Almeida, para que a retomada dos eventos aconteça com total segurança”, informa o diretor-presidente da Manauscult, Alonso Oliveira.

Foto: Altemar Alcântara / Semcom

Segundo ele, para minimizar os riscos de transmissão da Covid-19 no retorno dos grandes eventos na cidade, foi instituída por meio do Decreto nº 5.122/2021, a Comissão Especial de Organização de Eventos Festivos no Município de Manaus.

Alonso informou ainda, que o evento só foi autorizado depois da constatação, pela Comissão Especial de Eventos e do Comitê Intersetorial de Enfrentamento da Covid-19, da redução nos indicadores da Covid-19 no Amazonas, e do avanço da vacinação.

“Mais do que comemorar o aniversário da cidade, esta celebração é pela vida, é pela marca de mais de dois milhões de doses de vacinas aplicadas e, ao mesmo tempo, um momento para enfatizarmos que, eventos como este, só serão possíveis com o avanço da vacinação”, finaliza.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui