Carnaboi teve sistema de segurança integrado e acessibilidade para foliões

Foto: Tácio Melo e Bruno Zanardo/Secom e DCS/PMAM

O Governo do Estado, por meio de suas secretarias, ofereceu diversos serviços aos foliões durante a programação do Carnaboi, realizado na segunda-feira (24/02), no Centro de Convenções Professor Gilberto Mestrinho – Sambódromo. Com aparato de Segurança, Saúde e Assistência Social, o público aproveitou a 20ª edição da festa, que neste ano homenageou o cantor de toadas Arlindo Júnior.

Foto: Tácio Melo e Bruno Zanardo/Secom e DCS/PMAM

O secretário de Cultura, Marcos Apolo Muniz, destacou o trabalho feito pelo Governo do Estado para atender os foliões no Carnaboi. “É uma estrutura do Governo do Amazonas, com um esquema da Segurança Pública monitorando todo o Sambódromo, interna e externamente, o pessoal do Corpo de Bombeiros, da Saúde, da Sejusc, que fez um atendimento especial às pessoas com deficiência, o Detran-AM trabalhando no perímetro, dando segurança às pessoas que vieram para o Sambódromo. É todo um aparato técnico do Governo do Estado para que a gente possa ter um Carnaboi tranquilo e que as pessoas possam levar essa lembrança de um dos maiores Carnaboi que já foram realizados”, afirmou o titular da Secretaria de Estado de Cultura e Economia Criativa.

Foto: Tácio Melo e Bruno Zanardo/Secom e DCS/PMAM

Com o Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), estrutura da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM), e trabalho de 290 agentes de segurança, a festa no Sambódromo foi monitorada por câmeras e patrulhamento. Com o monitoramento conjunto com o Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), as instituições da Segurança Pública acompanharam a movimentação dos foliões no perímetro do Sambódromo, conforme explicou o coordenador do CICC, tenente coronel Honda.

“A Secretaria de Segurança Pública do Amazonas está, de maneira integrada e coordenada, com vários órgãos municipais e estaduais no CICC local. Estamos operando desde a quinta-feira de Carnaval, para acompanhamento, inicialmente, das Escolas de Samba e, agora, com o Carnaboi. Nossa estrutura tem 14 câmeras de monitoramento, incluindo as câmeras fixas e as câmeras das plataformas de observação elevadas, que estão instaladas no Sambódromo. Temos, aproximadamente, 290 servidores e 45 viaturas. Tudo isso para garantir a segurança, socorro, atividades de trânsito, tudo voltado à segurança do folião”, garantiu o responsável pelo esquema de segurança montado.

Foto: Tácio Melo e Bruno Zanardo/Secom e DCS/PMAM

Acessibilidade – Pelo segundo ano consecutivo, o Carnaboi teve o Espaço Acessível, destinado às Pessoas com Deficiência (PCD) e mobilidade reduzida, e seus acompanhantes, montado pela Secretaria de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), em parceria com a Secretaria de Cultura. A área conta ainda com intérprete de Libras traduzindo simultaneamente as toadas, banheiro adaptado e uma equipe da Sejusc para atender os foliões PCDs.

A dona de casa Carla Patrícia Brito prestigiou a festa junto com a filha, que tem Síndrome de Down, e a mãe, que tem mobilidade reduzida, e acredita que o espaço adaptado torna a festa mais inclusiva. “Nós sempre gostamos de boi-bumbá. Então, hoje, nós viemos prestigiar o Carnaboi. Essa área que foi criada é maravilhosa, hoje está um pouco mais perto do palco, é privilegiado também. Eu tenho uma filha com Síndrome de Down, tenho minha mãe, que tem mobilidade reduzida. É um espaço amplo, não fica no tumulto e uma ideia ótima, porque a gente pode vir brincar, prestigiar e é ótimo para trazer a família”, contou Carla.

Foto: Tácio Melo e Bruno Zanardo/Secom e DCS/PMAM

Com balanço positivo, Marcos Apolo Muniz ressaltou a participação das pessoas com deficiência no Carnaboi. “Nós tivemos uma participação expressiva na área que fizemos para pessoas que precisavam de um atendimento diferenciado. Nesse local, colocamos cadeiras, tivemos a tradução em Libras e eles puderam assistir de um local privilegiado, tivemos uma participação muito positiva mostrando o respeito do Governo do Estado com esse público que merece acima de tudo um atendimento diferenciado”, concluiu.

 

Carnaval da Paz 2020 – O esquema de segurança utilizado durante o Carnaboi integra a operação Carnaval da Paz 2020, deflagrada pela Secretaria de Estado de Segurança do Amazonas (SSP-AM) para garantir segurança e tranquilidade aos foliões durante a realização de bandas e blocos de rua em diversas zonas de Manaus e dos desfiles das Escolas de Samba durante todo o período do Carnaval. A operação envolveu todo o sistema de segurança do Estado: Polícia Militar, Policia Civil, Corpo de Bombeiros e Departamento Estadual de Trânsito, além de contar com o apoio das secretarias de Saúde, Justiça, Direitos Humanos e Cidadania, Assistência Social e Cultura e Economia Criativa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui