Circuito Litoral Norte de São Paulo destaca-se com o turismo sustentável na pandemia

Foto: Reprodução

Por conta da pandemia um dos setores mais afetados com essa nova realidade de distanciamento social foi o turismo, que teve um verão completamente atípico, nunca antes visto.

Visando esta nova realidade e ainda procurando ter um contato com o público, mesmo que não seja presencialmente, os pontos turísticos têm buscado novas formas de fornecer experiências marcantes para os viajantes, respeitando todas as medidas de restrição, como forma de recuperar um pouco dos valores investidos por governos da região.

Uma das regiões que mais tem se destacado nesta nova forma de turismo é o Circuito Litoral Norte de São Paulo, composto por Bertioga, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e Ubatuba, que possui um estilo de turismo considerado sustentável.

Mas por que é considerado assim? Este consórcio reúne diversas regiões do litoral norte paulista com um modelo de turismo sustentável, que não interfira diretamente nos costumes da comunidade caiçara, cultura que sempre busca respeitar o meio ambiente.

As atrações turísticas podem ser visitadas de forma segura e sem aglomerações. Além disso, para quem não é do estado, pode se planejar para o pós-pandemia e comprar passagem para São Paulo para conhecer o Litoral Norte. Confira algumas delas:

Bertioga

Em Bertioga, por exemplo, uma das melhores alternativas para evitar aglomerações é o passeio de escuna. Segundo Helena Sotero, que trabalha na Escuna Gênesis, os roteiros seguem rígidos protocolos e mantêm a capacidade reduzida para fornecer uma viagem segura.

Para quem prefere percorrer por um trajeto mais calmo, pode praticar canoagem pelo Rio Jaguareguava, que integra Mata Atlântica, mangue e restinga. Seja por canoas canadenses ou caiaques, graças a suas águas cristalinas e pequenos bolsões de areia para parada, o cenário encanta qualquer amante do ecoturismo.

Caraguatatuba

Em Caraguatatuba, para os amantes da arte de observar pássaros, existem as condições ideais para a prática desta atividade, como no Parque Estadual da Serra do Mar, com a trilha do Jequitibá, com a possibilidade de avistar o Araçari-banana e outras espécies.

Existe também o Sítio do Jaci, na Tabatinga, uma Reserva Particular do Patrimônio Natural (RPPN) completamente preservada e com grande biodiversidade, com a possibilidade de se encontrar o saíra-sete-cores, o saíra-militar e muitas outras espécies presentes no local.

O Núcleo de Caraguatatuba também abriga mais de 10% de todo o Parque Estadual da Serra do Mar em território, cuja formação possui remanescentes da Mata Atlântica, proporcionando atrativos como mananciais, matas de encosta, trilhas, mirantes, cachoeiras e rios. Vale destacar a Trilha das Palmeiras e a Cachoeira Esmeralda.

Ubatuba

Contando com auditório multiuso, biblioteca temática e uma remontagem da exposição Gigantes Marinhos, réplicas em tamanho real de criaturas aquáticas que habitavam os mares da América do Sul desde a época dos dinossauros, o Museu da Vida Marinha, que abriu em janeiro deste ano, é uma ótima alternativa de passeio delicioso e educativo em Ubatuba.

Totalmente adaptado ao Protocolo Visita Segura do Ministério do Turismo, o museu conta com toda a estrutura para fornecer aos visitantes uma experiência única, incluindo uma loja de souvenires.

Além do Museu, também a cidade também conta com o Instituto Argonauta para Conservação Costeira e Marinha. Com foco em conservar ecossistemas costeiros e marinhos, este instituto apoia e desenvolve diversos projetos de pesquisa, resgate e reabilitação da fauna marinha, educação ambiental, entre muitas outras atividades.

Ilhabela

Localizado no Parque Estadual de Ilhabela, com 1.048 metros de altitude, se encontra o Pico do Baepi, bastante indicado para a prática de montanhismo. A área possui uma trilha de 7,4 quilômetros, dentro de uma região com diversas espécies da Mata Atlântica, possibilitando também avisar pontos como Canal de São Sebastião, Serra do Mar e Arquipélago de Alcatrazes.

Devido à pandemia, as visitas monitoradas são guiadas e seguem com capacidade reduzida de público.

São Sebastião

Um dos passeios mais recomendados para conhecer a costa de São Sebastião são os passeios de lancha, com opção de diversos roteiros, como Ilha das Couves, Ilha dos Gatos, Montão de Trigo e praias como Brava de Boiçucanga, além de duas praias em Ilhabela – Calhetas e Curral.

Além disso, a cidade conta com diversas opções de trilhas. Com um percurso leve, com duração estimada de três a quatro horas, as trilhas pelo Sertão do Una e Barra do Una são uma ótima opção para explorar a rica vegetação de Mata Atlântica da região, e ainda com a possibilidade de se banhar em pequenas cachoeiras e observar árvores, plantas, pássaros e pequenos animais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui