Circulação de pessoas será restrita a partir das 21h no AM

Foto: Reprodução

Um novo decreto passa a valer a partir desta segunda-feira (8) com validade pelos próximos 15 dias. A medida tem o objetivo de reduzir os casos de covid-19 no Amazonas. Uma das mudanças é a restrição na circulação de pessoas, que passará a ser de 21h às 6h, todos os dias.

“O Amazonas ainda continua numa fase vermelha, não podemos baixar a guarda. Estamos em redução de internações e óbitos, mas os cuidados devem ser mantidos. Temos um plano de contingência e vamos executá-lo”, disse o governador Wilson Lima.

As mudanças que entrarão em vigor a partir do novo decreto são baseadas, de acordo com o governador, em reuniões com demais governadores da Amazônia, empresários de todos os setores e também representantes dos Estados Unidos.

“Entendemos a necessidade de ter o mínimo de atividade econômica em funcionamento com o devido cuidado. Portanto, fizemos alguns ajustes no decreto”, afirmou o governador ao dizer que as mudanças são baseadas em avaliações técnicas, conversas e decisões do comitê formado pela Fundação de Vigilância em Saúde do Amazonas (FVS-AM), Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP), entre outros órgãos.

A partir de segunda-feira, além da circulação de pessoas que passa a ser restrita às 21h, ficam valendo o funcionamento de supermercados e similares entre 6h e 20h, a abertura do comércio de 9h às 17h, sempre de segunda-feira a sábado.

Salões de beleza também estão liberados das 10h às 16h de segunda-feira a sábado nos shoppings e de 9h às 15h, de segunda-feira a sábado nas lojas de rua. Os procedimentos devem ser feitos sempre com a utilização de máscara. Processos feitos sem máscaras estão proibidos.

As academias também estão permitidas, desde que obedeçam às medidas de segurança sanitária como redução de 50% na capacidade e sem a realização de aulas coletivas como dança e treinamento funcional. O horário para funcionamento é de 6h às 16, de segunda-feira a sábado.

Os restaurantes poderão ter música ao vivo, com bandas de apenas três pessoas. “Entendemos as condições técnicas para permitir o funcionamento dessas atividades, não permitiremos festas nestes locais. Vamos fiscalizar para coibir essas ações. É importante que haja a consciência de proprietários e clientes”, explicou o governador.

Os shoppings poderão funcionar de 10h às 18h, de segunda-feira a sábado, com redução de 50% no interior do estabelecimento e 70% no estacionamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui