Confirmado: Manaus sede das Olimpíadas

Arena da Amazônia, Futebol Olímpico/Foto: Arquivo
Arena da Amazônia, Futebol Olímpico/Foto: Arquivo
Arena da Amazônia, Futebol Olímpico/Foto: Arquivo

Uma reunião na manhã de hoje, segunda-feira (16), em Zurique, na sede da Fifa, definiu que a cidade de Manaus será uma seis sedes do futebol nas Olimpíadas de 2016. Também, ficou decidido que o Rio de Janeiro terá dois estádios no torneio dessa modalidade: o Maracanã, palco da final, e, também, o Engenhão.
O estádio olímpico do Rio receberá apenas partidas da fase de grupos, pois, a partir da segunda semana dos Jogos, será palco do atletismo. A intenção do comitê olímpico da Fifa, cujo presidente é Marco Polo Del Nero, eleito para comandar a CBF a partir de abril, é ampliar a integração do futebol ao restante das competições.

– É um estádio que tem todas as condições de receber um bom público, está em boas condições e será mais um estádio no Rio de Janeiro, sede das Olimpíadas – afirmou Marco Polo, reforçando a ideia de que a Fifa quer o futebol menos distante dos Jogos.

A reunião também determinou que Manaus será a sétima cidade-sede. Além dela e do Rio de Janeiro, também estarão nas Olimpíadas as cidades de São Paulo (Arena Corinthians), Belo Horizonte (Mineirão), Brasília (Mané Garrincha) e Salvador (Fonte Nova).

Em fevereiro, o governador do Amazonas, José Melo, já havia anunciado que a capital do estado receberia partidas dos Jogos. Dias depois, o Comitê Organizador enviou a lista de sedes indicadas com a presença de Manaus. Porém, apenas nesta manhã a inclusão foi decidida. Havia uma reticência da Fifa por conta da distância física e da diferença de fuso horário para as demais cidades que terão futebol.

– O futebol já é um dos esportes de maior audiência das Olimpíadas, e acreditamos que no Brasil isso ficará ainda mais forte. Nossa ideia sempre foi levar o futebol para todo o país e é possível que essa modalidade saia do Rio de Janeiro, sede dos Jogos. Estamos muito satisfeitos com a entrada de Manaus, acho que vamos cumprir bem nossa missão – exaltou Guilherme Marques, gerente de competições esportivas do comitê.

Pesaram a favor de Manaus a experiência considerada bem sucedida na Copa do Mundo do ano passado, e a necessidade de se espalhar as 58 partidas de futebol masculino e feminino por mais estádios para que os gramados suportem até o fim. A cidade de São Paulo, que teria dois palcos nas Olimpíadas, ficará mesmo só com a Arena Corinthians. O estádio do Palmeiras, antes cotado, não faz parte da lista final.(GloboEsporte)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui