CPI dos Combustíveis investigará postos e distribuidoras, diz Fausto Jr.

CPI dos Combustíveis terá apoio da Agência Nacional do Petróleo (ANP)/Foto: Divulgação

A investigação sobre o alinhamento no preço de combustíveis em postos e distribuidoras no Amazonas será uma das primeiras ações da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) dos Combustíveis da Assembleia Legislativa do Amazonas (Aleam).

A definição das atribuições da CPI foi anunciada ontem sexta-feira (5), durante a primeira reunião da comissão, realizada na Assembleia Legislativa. A CPI é formada pelos deputados Fausto Jr, Joana Darc, Alessandra Campelo, Álvaro Campelo e Abdala Fraxe.

O deputado Fausto Jr. disse que é preciso deixar claro o que está embutido no preço final dos combustíveis, que reflete no valor cobrado nas bombas. “Ninguém sabe com clareza como é formado o preço final cobrado dos consumidores”, afirmou o deputado. “Vamos alisar planilhas de postos e distribuidoras, passando um pente fino nos números”, acrescentou.

CPI dos Combustíveis terá apoio da Agência Nacional do Petróleo (ANP)/Foto: Divulgação

Para que a CPI cumpra seu objetivo, ela atuará de forma técnica, tendo acompanhamento de especialistas em combustíveis, tributação e direitos do consumidor. “O trabalho técnico vai identificar os responsáveis pelas altas abusivas nos preços e também pelo alinhamento no valor dos combustíveis”, ressaltou Fausto Jr.

A presidente da CPI, deputada Joana Darc, disse que a comissão será transparente, com informações divulgadas à população. “Os dados obtidos pela CPI não serão restritos aos deputados. Vamos interagir com a sociedade”, destacou a deputada.

O trabalho da CPI dos Combustíveis terá apoio da Agência Nacional do Petróleo (ANP), delegacia do Consumidor e dos Procons estadual e municipal.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui