CREA promove Workshop para abordará Startups de Engenharia e Agronomia, em Manaus

Sede da UNIP sedia Workshop do Crea-Am/Foto: Divulgação

Assim como acontece em outras áreas, a Engenharia e a Agronomia estão conseguindo tirar proveito do universo de startups no Brasil. Uma série de cases de sucesso está despontando, no País, e auxiliando na tomada de decisões por parte de produtores na agricultura, bem como na adoção de novas soluções no dia a dia de engenheiros em suas diferentes vertentes.
Este será um dos aspectos abordados durante a palestra “A influência das startups em Manaus”, a ser proferida pelo coordenador do programa de Aceleração da FabriQ Soluções e diretor de Marketing na Associação Brasileira de Empresas Aceleradoras de Inovação e Investimento (Abraii), Daniel Goettenauer, durante o Workshop Mercado de Trabalho.

O evento está sendo promovido pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado do Amazonas (Crea-AM), por meio da Comissão do Crea Júnior-AM, e acontece na quinta-feira (10), das 18h00 às 22h00, no auditório da Universidade Paulista – Unip, na avenida Mário Ypiranga.

Sede da UNIP sedia Workshop do Crea-Am/Foto: Divulgação
Sede da UNIP sedia Workshop do Crea-Am/Foto: Divulgação

Goettenauer explica que as startups constituem negócios que nascem com um ambiente de extrema incerteza e sem um modelo de negócio completamente definido, porém, o tempo de validação é relativamente curto, o que facilita a identificação de dificuldades de maneira rápida a fim de favorecer a adaptação do negócio ao mercado.

Ele frisou que as AgroTechs, como são chamadas as startups com especialização em Agronomia, constituem  uma das apostas para o ano de 2017. Por outro lado, ressaltou o sucesso da Engenharia, nessa área, com o desenvolvimento de novas soluções ou até mesmo a utilização dos serviços oferecidos pelas startups. Goettenauer citou a Agrosmart e a Construct como exemplos de iniciativas bem sucedidas, atualmente, no Brasil, e, no Amazonas, indicou o Onisafra como uma startup local que está conquistando mercado, com um aplicativo para compra e venda de produtos agrícolas. Para os que estão iniciando ou mesmo avaliando a possibilidade de entrar neste ramo, o diretor de Marketing da Abraii orienta que implementar a solução e fazer testes de mercado, mesmo não tendo a melhor apresentação ou sem sequer ter a solução completa, é o primeiro passo para iniciar uma startup.

Sobre o evento

Voltado a acadêmicos e profissionais das áreas abrangidas pelo sistema Confea/Crea, formado pelo Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e os Conselhos Regionais (Creas), o workshop contará com outras duas palestras em sua programação. A primeira será “Empregabilidade e carreira em tempo de crise, como vencer?”, a ser ministrada pelo gerente de Negócios e Tecnologia e especialista em Planejamento em Gestão Empresarial, Paulo Barros. Logo em seguida, será a vez da palestra “Profissões do Futuro”, a ser proferida pelo Doutor em Gestão Global, Estratégia e Desenvolvimento Empresarial e ainda consultor em análise de mercado e avaliação de viabilidade econômica de novos negócios, Mário Pierre.  As palestras serão seguidas de debate.

Exposição

O workshop contará ainda com exposição de empresas juniores e projetos de incentivo ao empreendedorismo – capitaneados por instituições de ensino e pesquisa locais. Participarão os projetos Baja, da Universidade do Estado do Amazonas (UEA); Empreendedorismo para Universitários, do Centro Universitário do Norte (Uninorte); e ainda as empresas juniores Empresa Junior de consultoria Florestal (EMCOF), Inovepro, Coltech Jr. e AZ Jr., da Universidade Federal do Amazonas (Ufam); além da Waikiru empresa Jr., da UEA.

Inscrições

Interessados ainda podem realizar suas inscrições por meio do link: http://sistemas.crea-am.org.br/creajr/src/. O custo do investimento é um valor simbólico de R$ 10, mais um quilo de alimento não perecível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui