Dana elogia Anderson, mas diz que esperava mais da luta

Anderson chuta Nick/Foto: Getty Images

Dana cumprimenta Anderson Silva/Foto: Getty Images
Dana cumprimenta Anderson Silva/Foto: Getty Images
Anderson chuta Nick/Foto: Getty Images
Anderson chuta Nick/Foto: Getty Images

Pela primeira vez em cinco anos uma luta de Anderson Silva foi decidida pelos juízes. Desde o UFC 112, contra Demian Maia, em 2010, Anderson não terminava um combate dessa maneira. Para quem esperava um espetáculo do velho Spider, saiu um pouco frustrado. Foi o caso de Dana White, que apesar de entender a ocasião e elogiar a forma física do brasileiro, disse que esperava mais da luta contra Nick Diaz na madrugada deste domingo, em Las Vegas, nos Estados Unidos.
“Esperava uma luta mais para frente, com muito mais socos. Sei que Anderson está voltando da lesão e que essa noite seria muito difícil psicologicamente para ele, mas eu esperava muito mais”, disse o chefão do UFC.

Quando perguntado sobre a forma física do brasileiro, que já está com 39 anos e ainda tem mais 14 lutas no contrato com a organização, Dana rasgou elogios ao lutador. “Ele está ótimo. Fazer o que ele faz, com 39 anos, é incrível. Fisicamente ele estava ótimo hoje. Agora está voltando a ganhar confiança nele, na perna. Em alguns momentos dava até para ver alguns movimentos do velho Anderson”, completou.

No mês que antecedeu o retorno de Anderson Silva, Dana White disse que se ele vencesse teria a oportunidade de lutar pelo cinturão. Como o confronto de Chris Weidman e Vitor Belfort foi cancelado, o UFC ainda não sabe o que acontecerá com o título dos médios. Até lá, Dana diz que esperará Anderson decidir seu futuro para ver qual será os próximos passos do ex-campeão na organização. “Ainda não sabemos como vai ser. Ele vai voltar para casa e depois resolvemos isso”, concluiu.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui