Deputado Fausto Júnior faz BO após ameaça de morte para mãe

Foto: Reprodução

O deputado estadual Fausto Júnior registrou um Boletim de Ocorrência (BO) após a mãe dele, a conselheira do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), Yara Lins, ser ameaçada de morte por telefone. A ligação teria sido feita após o depoimento do deputado na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pandemia, na última terça-feira (29).

O parlamentar acredita que está sendo perseguido, juntamente com sua família. “Este é o preço que se paga por falar a verdade”, disse Fausto Júnior durante uma entrevista para um programa de televisão.

Em seu depoimento no Senado Federal, o parlamentar se desentendeu com o presidente da CPI da Pandemia, senador Omar Aziz. O deputado citou escândalos, como desvios da área da Saúde do Amazonas, que teriam envolvimento de Omar e seus familiares.

Fausto Júnior afirmou que o presidente da Comissão, Omar Aziz, deveria ter sido indiciado na CPI da Saúde, da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam) devido à suspeita de crimes durante a sua gestão como governador do Amazonas, no início da década.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui