Dilma diz que resolução sobre privacidade digital foi importante

Dilma e Merkel

Dilma e Merkel
Dilma e Merkel discutem privacidade digital/Foto: AgBr

A presidente Dilma Rousseff avaliou de maneira positiva as investidas multilaterais encabeçadas pelo Brasil para a garantia do direito à privacidade digital. O Brasil se empenhou de maneira assertiva no assunto depois das denúncias de que os Estados Unidos espionaram cidadão, autoridades e empresas brasileiras.

“Avalio como sendo extremamente positiva a resolução de proteção à privacidade na era digital proposta pelo Brasil e Alemanha aprovada na ONU (Organização das Nações Unidas)”, disse a presidente, em declaração conjunta com a chanceler alemã, Angela Merkel. “Este foi, sem dúvida, um passo importante. Os desafios existentes para assegurar os direitos individuais requerem olhar estratégico e atenção crescente da comunidade internacional.”

Como resposta aos casos de espionagem os dois países atuaram junto às Nações Unidas para criar uma resolução multilateral. Neste ano, o Brasil sediou um foro de debate sobre governança da internet e contou com o apoio alemão.

“Ficamos muito contentes por ter iniciado na ONU as discussões sobre os direitos das pessoas na era digital, com o direito à privacidade e penso que essa concepção pode ser continuada”, afirmou Merkel.

O assunto foi parte dos temas abordados em visita bilateral na noite deste domingo. O encontro, no entanto, teve caráter mais econômico e passou em revista a agenda de comércio entre os dois países.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui