Em silêncio, Eduardo prepara ‘rolo compressor’ para a campanha municipal/2020

Senador Eduardo Braga (MDB-AM), trabalha com dupla hipótese de candidaturas - foto: arquivo

Enquanto a divulgação de dezenas de pré-candidaturas à prefeitura de Manaus inundam blogs, portais, Tvs, Rádios, adjacências ao redor de Manaus e, pretensos candidatos ao cargo de prefeito da cidade se apressam em mostrar ‘favoritismo nas pesquisas’, algumas por encomenda, o senador Eduardo Braga (MDB) trabalha no silêncio das bases eleitorais da capital e interior.

Quem ainda pensa que ele estará longe das eleições 2020, pode se surpreender na reta final das pré-candidaturas portando um rolo compressor achatando outras candidaturas até então vistas como forte.

A confirmação da candidatura do senador depende, no entanto, de estudos e pesquisas até o prazo final de lançamento de chapas. É o que comentam pessoas próximas de Eduardo Braga no Senado. “Se não se lançar para a prefeitura em 2020, é certo que estará candidato em 2022 para o Governo”, confirmam.

“A prefeitura é uma intenção, mas o governo é certo em 2022”, acentua um amigo do senador em Brasília. O certo é que Eduardo Braga está injetando milhões em emendas parlamentares nas prefeituras do interior do Estado e, investindo em obras de melhoramento social e geração de empregos no beiradão amazonense.

Para quem entende de tática política amazonense, sabe que esse é um caminho seguido por dezenas de políticos históricos ou não, ao longo das décadas.

No vaco de lideranças

No caso de uma candidatura ao governo, o senador aproveita o vácuo de liderança e a ‘quase possível aposentadoria de Amazonino Mendes (PDT) e o derretimento do senador Omar Aziz (PSD), que está envolvido em supostos crimes de desvio de dinheiro da Saúde no Amazonas e citado (se perder o mandato pode ser preso) na Operação Maus Caminhos da Polícia Federal e do Ministério Público.

Outras novas lideranças surgidas nas eleições recentes não tem o recall de dois mandatos como governador, deputado estadual, deputado federal, prefeito de Manaus e membro de várias comissões nas casas legislativas estadual e federal… vai ser difícil competir.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui