Entre perdas e ganhos, David Almeida se livra do PT e lança novo Vice

David Almeida e seu novo Vice, Marco Antônio Chico Preto (PMN) - foto: Facebook

O candidato David Almeida (PSB) e a coligação Renova Amazonas se livraram do Partido dos Trabalhadores ou o PT se livrou do vexame de ter o deputado Marcelo Serafim (PSB), roendo a corda em favor da coligação Eu Voto no Amazonas, via candidato ao senado Alfredo Nascimento (PR), através do deputado Sabbá Reis?

A pergunta está sendo feita nos corredores da esquerda, que hoje confirmou a indicação do ex-deputado federal Francisco Praciano (PT), como candidato ao governo do Amazonas numa aliança de emergência feita com o PCdoB de Vanessa Grazziotin.

Também está sendo indicado, em coletiva de imprensa, que o indicado a vice na chapa de David Almeida é o vereador Marco Antônio Chico Preto (PMN). Ele próprio disse ontem que só faltavam uns acertos, mas hoje (30) o candidato majoritário anuncia em coletiva de imprensa o seu nome na chapa, como Vice e, anuncia também, que a coligação Renova Amazonas desiste de um nome para o senado.

David Almeida e seu novo Vice, Marco Antônio Chico Preto (PMN) – foto: Facebook

Ao portal, Chico Preto disse que vai ter vários desdobramentos com a mudança de posição, entre elas, a coligação fica livre para apoiar um candidato ao senado de outra coligação. David também perde o tempo de TV do PT, mas não perde a ‘pegada’. De acordo com Chico Preto, eles vão se desdobrar, suprir o tempo de TV com outros meio de divulgação, mas isso são detalhes.

Chico explica que estava escalado para jogar em uma posição, “agora terá de mudar a tática, alinhar o jogo em outra posição para ganhar o jogo”. Também disse que membros da coligação agora podem apoiar o candidato ao senado que bem entenderem.

Para o agora candidato a Vice da coligação Renova Amazonas, o PT Estadual perdeu a possibilidade clara de viabilidade eleitoral de seus membros, quando permitiu que a presidente do partido, em nível nacional, tomasse uma decisão em detrimento da decisão estadual.

A presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann colocou uma pá da cal na composição do partido Estadual unicamente para impor um nome de outro partido e deixou o PT Amazonas procurando um porto para ancorar a sua canoa. A mesma canoa, que um dia quase foi navio.

PT

Por sua vez, o vice-presidente do PT-AM, Thiago Medeiros se apressa em dizer que, quem perdeu, foi o PSB, foi David Almeida, e explica: ele teria mais gente trabalhando na sua campanha, teria uma militância aguerrida, Tempo de TV para levar as suas propostas ao interior do Estado, um nome forte como vice (Francisco Praciano), que teve mais de 500 mil votos nas últimas eleições.

Por outro lado, Thiago diz que com David Almeida, o PT não teria um palanque para o Lula no Amazonas. Reconhece, no entanto que o PT terá dificuldades para eleger seus membros a deputado federal, estadual. “Na coligação de David Almeida, o deputado José Ricardo estaria eleito com as mãos nas costas. Agora está mais difícil”, conclui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui