Escritório de advocacia recebe mais de R$ 200 mil da Prefeitura de Manaquiri

Foto: Reprodução

Em até 15 dias, a Prefeitura de Manaquiri (a 64 quilômetros de Manaus) terá de explicar se há lisura no contrato com uma empresa de advocacia. O escritório recebe do órgão municipal mais de R$ 200 mil para prestar serviços.

No momento, o contrato com a empresa Gina Moraes – Sociedade Individual Advocacia está suspenso. Pagamentos de qualquer natureza para o escritório também não podem ser realizados.

Conforme denúncias, há possíveis irregularidades no processo licitatório, ocorrido no fim de abril. Uma das empresas concorrentes ficou impossibilitada de participar e também aponta dificuldades para fazer o resgate presencial do edital.

Caso não haja esclarecimentos por parte da Prefeitura de Manaquiri, haverá aplicação de multa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui