Estudantes da rede pública debatem a influência da cultura nordestina no AM

Professora Lídia Helena fala sobre o Projeto/Foto: Divulgação

Palestras sobre a Influência da Cultura Nordestina no Amazonas e Confluência entre o Nordeste e o Amazonas; exibição do documentário “Lampião”: O Rei do Cangaço e a Dança do Boi Gracioso fizeram parte das atividades realizadas na manhã de hoje, sexta-feira (23), na Escola do Legislativo Senador José Lindoso, para estudantes da rede estadual e municipal de ensino.

A programação faz parte do projeto “Educando pela Cultura”, criado pela Assembleia Legislativa do Amazonas, em parceria com a Secretaria de Estado da Educação (Seduc), Secretaria Municipal de educação (Semed) e Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc).

Os alunos que participaram da primeira edição do Projeto “Educando pela Cultura”, do ensino fundamental e médio, são da Escola municipal Dr. João Queiroz, Cidade Nova, Escola Municipal Professor Waldir Garcia, São Geraldo e Escola Estadual Altair Severiano Nunes, Parque dez.

Professora Lídia Helena fala sobre o Projeto/Foto: Divulgação

Uma das palestrantes foi a professora de História da Semed, Lidia Helena de Oliveira, que tratou sobre o projeto a Cor da Cultura, realizado por meio de uma parceria do Governo Federal com o Estado e município. O projeto fala da necessidade de visualizar a presença negra e essa mistura cultural que a gente tem em nível de Brasil.

Lidia Helena tratou com os alunos sobre a influência da cultura nordestina destacando que a mesma tem muito a ver com o negro, desconstruindo a imagem de que não há negros no Amazonas, mas sim indígenas. Segundo a historiadora, existe uma construção cultural em ambos os Estados. “A influência do Nordeste foi muito grande entre nós. Etnicamente, o amazonense tem muito das características fenotípicas do que chamamos do nordestino, da linguagem, a alimentação, passando pelas festividades, danças, ou seja, a influência é muito grande em vários aspectos”, sintetizou a professora. No final da manhã, os estudantes da Escola Municipal Professor Waldir Garcia participaram da apresentação do Boi Gracioso, com uma variedade de danças folclóricas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui