Estudantes do Instituto Amazônico de Ensino Superior realizam visita técnica no TCE-AM

Foto: Divulgação

Para conhecer as dependências físicas e a estrutura organizacional do Tribunal de Contas do Amazonas (TCE-AM), um grupo de ao menos 15 estudantes do primeiro período do curso de Direito do Instituto Amazônico de Ensino Superior (Iames) participou, na manhã desta quinta-feira (23), da 2ª visita guiada promovida pela Escola de Contas Públicas (ECP) à sede da Corte de Contas amazonense.

A visita faz parte do plano de tratativas elaborado neste ano de 2022, que visa a troca de experiências por meio de parcerias entre centros de ensino, faculdades e universidades e o TCE-AM, conforme explicou o coordenador da Escola de Contas, conselheiro Mario de Mello.

“Essa é a segunda visita técnica que recebemos de estudantes no âmbito desse projeto que visa aproximar ainda mais a sociedade da Corte de Contas. Ainda teremos novas visitas em breve, cumprindo o papel pedagógico do TCE-AM e tornando as dependências do Tribunal em um ambiente de ensino e pesquisa”, destacou o conselheiro-coordenador da ECP, Mario de Mello.

Durante o encontro, os acadêmicos receberam informações sobre a natureza jurídica, competência, estrutural e organizacional do Tribunal, assim como sobre a estrutura e competência do Ministério Público de Contas (MPC). Os estudantes tiveram ainda a oportunidade de conhecer locais do TCE-AM como a sede da ECP, o auditório, o museu, a biblioteca, a diretoria de comunicação, ouvidoria e o Plenário.

Foto: Divulgação

Em uma das visitas, na sede da ECP, os estudante tiveram uma palestra do auditor Luiz Henrique Mendes, que explicou todo o funcionamento do TCE-AM, com destaque para a jurisprudência na qual a Corte de Contas atua, além da composição do Tribunal Pleno e dos quadros de gestores e jurisdicionados do Tribunal. “Aqueles que optarem pela carreira pública, aqui é um órgão que oportuniza isso muito bem e gera grandes possibilidades”, destacou o auditor.

Para a professora e orientadora da visita, Jussara Pontes, a oportunidade de conhecer na prática o funcionamento do TCE-AM contribui para a formação jurídica dos estudantes. Segundo ela, o objetivo é fazer com que os estudantes tenham já no início da vida acadêmica a prática aliada à teoria estudada em sala de aula.

“Foi muito interessante de sobremaneira pela forma como os estudantes puderam ver a aplicabilidade prática daquilo que eles aprenderam de forma teórica na sala da faculdade. A turma toda teve uma boa interação com as palestras apresentadas e também por meio das visitas aos setores para ver como um órgão importante como o TCE-AM atua no controle das contas públicas”, destacou.

Em maio, o TCE-AM recebeu a visita técnica de acadêmicos do curso de Direito da Universidade Estácio de Sá. Novas visitas devem acontecer em breve, com outras instituições de ensino do Amazonas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui