Ex-prefeita de Novo Airão está na mira do MPF-AM

Foto: Reprodução

Sob a acusação de prática de sonegação, a ex-prefeita de Novo Airão (a 143 quilômetros de Manaus), Lindinalva Ferreira da Silva, deverá ser investigada pelo Ministério Público Federal do Amazonas (MPF-AM). As práticas teriam ocorrido entre os exercícios de 2013 e 2016.

O órgão ministerial abriu inquérito nesta terça-feira (17) para apurar a representação formulada pela própria prefeitura contra Lindinalva. A portaria, assinada pelo Procurador da República José Correia, foi publicada no Diário Eletrônico do MPF.

Somente neste ano, a ex-gestora teve suas contas reprovada pelo Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM). Os documentos são referentes aos exercícios de 2014 e 2015. Foram encontradas diferentes irregularidades e as multas pela reprovação ultrapassam a casa dos R$ 30 milhões.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui