PUBLICIDADE
Início Amazonas Foragido da justiça e dois investigados por assaltos presos, em Novo Airão

Foragido da justiça e dois investigados por assaltos presos, em Novo Airão

Foragido Felipe Rodrigues preso, em Novo Airão/Foto: PC
Foragido Felipe Rodrigues preso, em Novo Airão/Foto: PC

Policiais da 77ª Delegacia Interativa de Polícia de Novo Airão, com o apoio do Grupo Força Especial de Resgate e Assalto (FERA), e  militares lotados no município, recapturaram na segunda-feira (15), o foragido da justiça Felipe Rodrigues Correa, de 30 anos, em companhia de Ralisson Cerdeira Coelho, de 20 anos, por falsa identidade, e Andril Matos Garcia, de 19 anos, por tráfico de drogas. Todos, também, são investigados por prática de assaltos no município.

De acordo com o Delegado Adjunto do município, Guilherme Torres, Felipe estava cumprindo pena no regime semiaberto do Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj), e foi condenado por furto qualificado, com pena de cinco anos de reclusão, inicialmente, em regime fechado.

No dia 26 de agosto desse ano, ele foi beneficiado com a progressão da pena para o regime semiaberto, e mais sete dias de saída temporária, autorizada pelo juiz da Vara de Execuções Penais de Manaus, Luis Carlos Valois. Conforme Guilherme, a determinação obrigava o condenado não sair da comarca, porém, em uma das saídas dele não retornou ao presídio. Ralisson já tem passagem pela polícia por porte de arma de uso permitido e Andril por tráfico de drogas.

PUBLICIDADE

“Muitas pessoas nos procuraram na Delegacia espontaneamente para denunciar Felipe, e ele já vinha sendo investigado por ter liderado vários roubos na cidade. Ao verificarmos, constatamos que o mesmo era foragido e solicitamos apoio ao grupo FERA, iniciando imediatamente as buscas por ele”, informou o Delegado.

A autoridade policial informou ainda que ao perceber que estava ficando encurralado, ele decidiu fugir para outra cidade. “Recebi uma denúncia anônima de que Felipe em companhia dos outros dois comparsas, fugiram de Novo Airão em direção a Manacapuru e solicitamos apoio da Polícia Militar de lá para que fizessem uma barreira no início da rodovia com o objetivo de interceptar os três, onde foram capturados e encaminhados à Delegacia de Polícia de Manacapuru”, acrescentou o delegado Guilherme.

Após os procedimentos legais cabíveis na unidade policial, Felipe será encaminhado ao Complexo Penitenciário Anísio Jobim. Ralison assinou Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO), e responderá em liberdade por crime de falsa identidade (Artigo 307 do CPB); Andril responderá em liberdade por tráfico de drogas (Artigo 33 da Lei 11.343/06).

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Conteúdo bloqueado!
Sair da versão mobile