Globo fecha primeiro semestre de 2021 com R$ 144 milhões de prejuízo

Foto: Reprodução/Internet

A Globo fechou o primeiro semestre de 2021 com um prejuízo de R$ 144 milhões. O número representa uma piora de 122% em relação a 2020, quando a empresa teve um prejuízo de R$ 51 milhões no mesmo período.

O resultado negativo chama atenção, uma vez que desde 2019 a empresa tem realizado seguidos cortes de colaboradores. Inclusive, nos últimos meses, o número de estrelas que deixa a Globo parece ter acelerado. Faustão, Tiago Leifert, Lázaro Ramos, Ingrid Guimarães, Vera Fischer, Antônio Fagundes e Reynaldo Gianecchini estão entre as recentes baixas.

Em relatório divulgado ao mercado no início de setembro, a Globo afirma que realizou no primeiro semestre de 2021 uma “diminuição de R$ 281 milhões em pessoal como resultado das iniciativas contínuas de corte de custos, explicadas principalmente pela diminuição no número de funcionários devido à reestruturação corporativa desde 2019 e o menor custo de elenco”.

As rescisões e dissídios também pesaram nas contas da Globo, que afirma ter tido um “aumento de 48 milhões nas despesas pessoais explicado principalmente por indenizações e também por reajustes salariais anuais do sindicato trabalhista em acordos coletivos de trabalho”.

Os salários e encargos sociais, que em 31 de dezembro de 2020 representavam R$ 1,18 bilhão no balanço da empresa, em 30 de junho de 2021, caíram para R$ 853,45 milhões.

Uol

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui