Governo Federal destina R$ 128 milhões à recuperação do turismo do Amazonas

Recursos serão viabilizados por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur) - Foto: Diego Peres/Secom

O turismo do Amazonas receberá recursos da ordem de R$ 128 milhões, destinados à recuperação do setor, após os impactos ocasionados pela pandemia de Covid-19. O anúncio foi feito nesta sexta-feira (23/04), durante a inauguração da segunda etapa do Centro de Convenções do Amazonas Vasco Vasques (CCAVV), com a presença do presidente da República, Jair Bolsonaro, e do governador do Amazonas, Wilson Lima.

Os recursos serão liberados via Governo Federal, por meio do Fundo Geral do Turismo (Fungetur), do Ministério do Turismo. Ao todo, R$ 128 milhões serão destinados ao turismo amazonense, de um total de R$ 1,2 bilhão. O crédito será viabilizado pelo Banco da Amazônia para beneficiar empreendedores do setor, em especial micro e pequenas empresas.

“Nada é igual a uma experiência em turismo como o estado do Amazonas, que oferece pesca esportiva, contemplação da natureza, ecoturismo. Temos um desafio pela frente. O Brasil sempre foi um país que exportava turistas, nós mandamos para o exterior 11 milhões de turistas por ano, e hoje, devido à pandemia, esses brasileiros estão aqui, viajando dentro do Brasil, se deslumbrando. E aqui na Amazônia não podia ser diferente”, destacou o ministro do Turismo, Gilson Machado Neto, acrescentando que não é possível dissociar turismo da preservação ambiental e da cultura.

Sobre o Fundo – O Fungetur é um mecanismo de crédito essencial ao fomento do turismo como negócio e estratégia para o desenvolvimento social e econômico. Por meio da oferta de crédito a empresas direta ou indiretamente ligadas ao turismo, promove a elevação do nível dos serviços prestados ao turista, a expansão das oportunidades de instalação de novos negócios, além da geração de emprego e renda.

Entre os principais objetivos do Fungetur, estão o crédito competitivo para os empresários do ramo de turismo; apoio à infraestrutura turística básica; geração de renda; aumento da oferta de empregos diretos e indiretos; além de proporcionar o desenvolvimento do turismo e diminuir os impactos da pandemia por meio da oferta de crédito.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui