Investigação contra Ricardo Salles sai do STF e vai para a Justiça do Pará

Ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles - Foto: Reprodução

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes decidiu nesta terça-feira (2) enviar para a Justiça do Pará as investigações da operação Akuanduba, que trata da exportação de madeira ilegal e que tem entre os alvos o ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles.

Ao deixar o posto de ministro, Salles perdeu o foro privilegiado, condição que lhe reservava o direito de somente ser investigado pelo Supremo

O inquérito, agora, por determinação de Moraes, prosseguirá na primeira instância da Justiça Federal. “Assim, os autos deverão ser remetidos à Justiça Federal de Altamira, para regular prosseguimento da investigação”, escreveu o magistrado.

Perícia realizada pela Polícia Federal no âmbito da operação Akuanduba apontou indícios de “lavagem” de produtos florestais por meio do uso de documentos falsos.

Brasil247

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui