José Melo recebe embaixador da Bélgica e conversam sobre parceria

Gov. José Melo e embaixador Jozef Smetz/Foto : Alfredo Fernandes

Gov. José Melo e embaixador Jozef Smetz/Foto : Alfredo Fernandes
Gov. José Melo e embaixador Jozef Smetz/Foto : Alfredo Fernandes

O governador do Estado, José Melo, recebeu na manhã de hoje, segunda-feira (14), a visita do embaixador da Bélgica, Jozef Smets, acompanhado do cônsul do Bélgica no Amazonas, Hugo Deschoolmeester. o embaixador recebeu uma série de informações sobre a economia, cultura e turismo do Estado e demonstrou interesse em firmar acordos nos setores de portos, hidrovias e ciência e tecnologia.

O encontro contou, ainda, com a presença do prefeito de Manaus, do secretário de Estado de Planejamento, Airton Claudino e do superintendente estadual de Portos e Hidrovias, Cláudio de Souza.

Ao conhecer um pouco das potencialidades do Estado, Jozef Smets afirmou que o interesse em estreitar os laços entre Bélgica e Amazonas surgiu do fato da região ter grande potencialidade, principalmente no que diz respeito aos rios. “O Amazonas é um estado muito especial, importante no setor do meio ambiente, além de ter 22 quilômetros de hidrovias e tudo isso faz parte das nossas prioridades”.

José Melo recebe visita do embaixador da Bélgica/Foto: Alfredo Fernandes
José Melo recebe visita do embaixador da Bélgica/Foto: Alfredo Fernandes

José Melo exaltou a iniciativa do diplomata belga e falou sobre as futuras parcerias entre os dois governos. “As nossas estradas são os rios. Nós precisamos muito desenvolver isso e precisamos procurar todos aqueles que tenham expertise nesse sentido. O Amazonas  já tem uma profusão de portos instalados e agora precisamos ter aqui na cidade de Manaus portos mais modernos. Mas não só essa parte de portos e hidrovias que nós precisamos de ajuda da Bélgica. Precisamos também na ciência e tecnologia. A Bélgica tem universidades tradicionais, que têm uma massa crítica muito importante”, destacou o governador.

O embaixador, que também vai se reunir com representantes da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e do Polo Industrial de Manaus (PIM), afirmou que, além do interesse no setor de portos e hidrovias, a ideia é firmar parcerias para a realização de pesquisas entre universidades belgas e a Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e Universidade Federal do Amazonas (Ufam).

Durante o encontro, o embaixador falou ainda sobre as recentes críticas da União Europeia ao modelo da Zona Franca de Manaus e se comprometeu a auxiliar na promoção de um encontro de embaixadores europeus, para que conheçam o Estado. Ele também citou outros eventos que devem ser realizados no Amazonas. “Em 2015, queremos fazer um dia da Bélgica em Manaus, para que sejam realizados seminários com a troca de informações”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui