Lanterneiro é morto a pauladas, pedradas e terçadadas durante madrugada em Manaus

O corpo da vítima foi removido para o IML - foto: Arquivo/Correio da Amazônia

O lanterneiro Alex Cordeiro Guimarães, conhecido como ‘Coroa’, 28, foi morto na madrugada desta segunda-feira (24), na Rua Cidadania, Conjunto Cidadão 1, bairro Cidade Nova, Zona Norte de Manaus. A vítima foi atingida com diversas pauladas, pedradas e terçadadas na região da cabeça, por volta das 3h.

De acordo com as informações da polícia, os suspeitos identificados como ‘Zenito’ e ‘Amanda’ surpreenderam ‘Coroa’, quando ele saiu para trabalhar. Os criminosos utilizaram um pedaço de madeira, pedras e terçado para atingir ‘Coroa’, que não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

O corpo da vítima foi removido para o IML - foto: Josemar Antunes
O corpo da vítima foi removido para o IML – foto: Josemar Antunes

A suspeita da Polícia Civil (PC) é que o crime tenha relação com o tráfico de drogas, já que os criminosos trabalham para um traficante da área conhecido como ‘Buda’.

À reportagem do Correio da Amazônia, o gari de 39 anos, que preferiu não se identificar por medo de represálias, disse que ‘Coroa’ cometia roubos na área e era envolvido com o tráfico de drogas. Segundo ele, a vítima estava marcada para morrer.

“Não tenho ideia quem possa ter cometido o crime, mas ‘Coroa’ era um terror aqui no conjunto e já estava sendo ameaçado por outros criminosos da área”, disse.

A mãe da vítima, a dona de casa Cinelândia Cordeiro Guimarães, 48, confirmou que o filho era usuário de drogas, mas desconhece o motivo e autoria do crime.

“Eu estava em casa dormindo quando fui avisada pela polícia. Ao chegar ao local fiz apenas o reconhecimento, mas não sei quem matou o meu filho e se ele estava recebendo ameaças de morte”, explicou a mãe da vítima.

A vítima morava na Rua Sonho Meu, próximo ao local do crime. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), mesma zona da cidade.

As investigações serão realizadas pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui