Manaus Moderna ou feira livre de Bagdá

 

 Porto da Manaus Moderna, no Centro
Porto da Manaus Moderna, no Centro

O que deveria ser o nosso Cartão Postal, o Porto da Manaus Moderna em Manaus, mais parece a Feira de Bagdá. As coisas que acontecem naquele área da cidade, com certeza seria enredo de um filme de terror.

Passageiros, que vão embarcar com destino as cidades do interior do Amazonas e as cidades do Oeste do Pará sentem dificuldades em ter acesso às embarcações.

moderna1

 

Manaus Moderna
Manaus Moderna

No trajeto encontram bêbados, usuários de drogas deitados nas calçadas, e outros perambulam por aquele local. Carregadores disputam “no tapa”, a vez de carregar as malas dos passageiros, numa total desorganização, na qual o povo aprendeu a conviver.

Enquanto isso, uma chuva cai vagarosamente naquela área portuária. Para tornar mais difícil e caótica a situação do passageiro com destino ao interior do Amazonas.

Daqui alguns dias, turistas, jornalistas de vários jornais e televisões do mundo estarão chegando à cidade da Copa. E, com certeza terão farto material para fazer suas notícias e documentários.

Carregadores de bagagens.
Carregadores de bagagens.

O relato é parte do que foi visto na manhã do dia 30 de maio, por quem visitou e por quem esteve nas redondezas da Manaus Moderna. O amazonense se sentirá envergonhado e, com razão: os governantes passaram quase quatro anos se preparando para sediar a Copa e, pelo que tudo indica, o tempo não foi suficiente.

Como diria o velho caboclo “AJEITAR TUDO MANINHO” que vergonha meu Deus!

(Paulo Onofre)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui