“Matei porque ela me traiu”, disse homem que matou ex-companheira no Jorge Teixeira

Foto: Divulgação

Manaus – Por não aceitar o término do relacionamento, o ex-namorado de uma mulher identificada como Liliane Oliveira Monção, de 34 anos, a matou 19 facadas na noite desta segunda-feira (13). O feminicídio aconteceu na casa da vítima na rua Surubim, no bairro Jorge Teixeira, na Zona Leste de Manaus.

O sobrinho da vítima, identificado como Eduardo Monção, relatou que foram os próprios familiares que socorreram a mulher e a encaminharam ao Hospital e Pronto-Socorro Platão Araújo, na Zona Leste da capital, onde não resistiu aos ferimentos.

O suspeito invadiu a casa da mulher e cometeu o crime de forma fria. “É uma indignação muita grande. Fomos atrás desse homem, tentamos segurar ele até a polícia chegar, mas ele conseguiu fugir. Ele é um ex-namorado dela. Ele era obsessivo e passava dia e noite a perseguindo. Ele vigiava minha tia dia e noite”, explicou o sobrinho.

Eduardo contou ainda que o homem já arrombou a casa da vítima uma outra vez. A mulher foi levada em um carro particular e deu entrada em estado grave na unidade hospitalar.

“Isso que ele fez é imperdoável. Ele não aceitou o término do relacionamento. Minha tia ficou com ele por seis meses”, disse o sobrinho.

O assassinado identificado como Humberto Canizio Freitas Alves, 54 anos, foi preso horas depois de ter cometido o crime. O mesmo foi apresentado na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Mulher, (DECCM).

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui