Mitos e verdade sobre a corrida

Esporte é um dos mais praticados no Brasil e vêm conquistando cada vez mais adeptos - Foto: Divulgação

Tênis nos pés, roupa leve e tudo pronto para praticar uma das atividades físicas mais populares e democráticas: a corrida. O esporte é um dos mais praticados no Brasil e isso se deve ao fácil acesso e aos benefícios que ele traz para o corpo e para mente. A popularidade, no entanto, não significa que a maioria está bem informada sobre a prática esportiva. Diversas dúvidas e mitos a respeito da corrida ainda fazem com que muitas pessoas deixem de praticá-la.

O coach de corridas, Nei Robson, se propôs a esclarecer algumas dessas questões mais comuns.
“Algumas teorias associadas à modalidade, como a de que a corrida faz os seios caírem, prejudica o joelho, por exemplo, fazem com que muita gente opte por outro esporte antes mesmo de esclarecer as dúvidas. O que deve acontecer, na verdade, é que como toda prática esportiva, alguns cuidados precisam ser tomados para que a atividade física traga reais benefícios à saúde do praticante”, destaca.

Mitos e verdades da corrida

A corrida faz os seios caírem?

Mito: Os seios se movimentam bastante durante o exercício, mas isso não os torna menos firmes.
O que pode acontecer é que a atividade provoque uma perda grande de gordura do corpo, inclusive dessa região, deixando a pele mais flácida, o que também é possível com outra atividade física que proporcione grande perda de gordura. Para correr de forma mais confortável, o recomendável é que as mulheres utilizem tops que ofereçam bastante sustentação.

A corrida é uma das atividades que mais emagrecem?

Verdade: a corrida estimula o sistema cardiorrespiratório e, por conta disso, gera alterações fisiológicas como a diminuição da frequência cardíaca de repouso, redução do percentual de gordura, controle da glicemia, além do fortalecimento dos membros inferiores.

Esporte é um dos mais praticados no Brasil e vêm conquistando cada vez mais adeptos.

A corrida prejudica o joelho?

Parcialmente verdade: o joelho conta com estruturas, como os meniscos, o líquido sinovial e a cartilagem, que o protegem durante as atividades físicas com impacto, mas a prática constante dessas modalidades pode provocar o desgaste das articulações dos membros inferiores, que nem sempre é acompanhada de dor. Esse quadro pode ser facilmente evitado com alguns cuidados, como contar com a ajuda de um especialista para orientar os treinos, utilizar o tênis adequado, fazer um trabalho paralelo de fortalecimento muscular, entre outros.

Correr agasalhado para suar mais ajuda a perder peso?

Mito: o suor não está relacionado à gordura, mas sim à hidratação. Quem malha agasalhado para suar mais e equivocadamente pensa que está queimando mais calorias, na verdade está perdendo mais água. A eliminação excessiva de líquidos durante a atividade física provoca a perda de eletrólitos, como o sódio e o potássio, causando câimbras, fadiga e outros prejuízos ao organismo. Roupas leves são indicadas para a prática de atividades físicas.

O tênis influencia na performance?

Verdade: Ter um bom modelo de tênis, com um sistema de amortecimento de acordo com seu tipo de pé e pisada, vai ajudar absorver melhor os impactos e evitar dores.

A corrida deve ser iniciada com a caminhada?

Verdade: é melhor que todo iniciante comece seus treinos caminhando e para, posteriormente, incluir a corrida em pequenos trotes gradativos. A caminhada pode ser um bom aquecimento antes de começar a corrida e ajuda a evitar lesões.

É preciso correr todo dia para um bom condicionamento?

Mito: Com três sessões semanais de corrida já é possível conseguir um bom preparo físico.
Treinar mais do que isso é indicado para quem quer participar de alguma competição.

A musculação é uma grande aliada dos corredores?

Verdade: o fortalecimento muscular é primordial para garantir a segurança e aumentar o desempenho do atleta. Isso porque ele estabiliza as articulações e funciona como um amortecedor, diminuindo o risco de lesões.

Fonte: R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui