MT: Polícia investiga roubo de avião de candidata na fronteira com Bolívia

Candidata Janete Riva/Foto:
Candidata Janete Riva/Foto:
Candidata Janete Riva/Foto:

A Polícia Civil de Mato Grosso mobilizou o Grupo Especial de Fronteira (Gefron), na região do estado próxima à Bolívia, para investigar o paradeiro da aeronave da candidata a governadora Janete Riva (PSD). Um dos aviões utilizados pela candidata desapareceu no último sábado (20) com o piloto e o copiloto a bordo. A suspeita é de que a aeronave tenha sido roubada e os pilotos, sequestrados.

Segundo anunciou a Polícia Civil na manhã deste domingo, além da mobilização do Gefron, uma equipe está em contato com a polícia boliviana para apurar as circunstâncias do desaparecimento da aeronave do hangar do aeroporto municipal de Pontes e Lacerda, cidade a 483 km de Cuiabá.

Como a cidade está dentro da conhecida rota do tráfico de drogas e por não haver até o momento qualquer informação sobre a localização dos pilotos, a hipótese da Polícia Civil é de que a aeronave de Janete Riva tenha sido mais uma roubada para servir ao narcotráfico na região e que os pilotos estejam em poder de criminosos.

Também, de acordo com a Polícia Civil, a aeronave teria autonomia de voo para chegar até a região da cidade de Santa Cruz de La Sierra, na parte leste da Bolívia. O delegado Gilson Silveira, responsável pelas investigações, ainda não divulgou informações sobre a apuração do caso.

A aeronave é de propriedade da família da candidata e está sendo usada na campanha eleitoral da candidata, que é mulher do deputado estadual José Riva, também do PSD. Segundo a assessoria de campanha de Janete, ela havia participado de um evento em Pontes e Lacerda durante o período da manhã e depois seguiria de avião para Vila Bela da Santíssima Trindade, a 526 km da capital.

Porém, pouco antes de a candidata embarcar junto com a equipe e o candidato ao Senado Federal pela coligação, Rui Prado (PSD), para Vila Bela da Santíssima Trindade, onde iria participar de encontro político, o avião teria sido roubado e o piloto e o copiloto da aeronave sumiram.

Pouco tempo antes de Janete chegar ao aeroporto, a assessoria de comunicação da campanha dela passou pelo local para seguir até Vila Bela da Santíssima Trindade em outro avião e, de acordo com a assessoria, a outra aeronave estava no local.

Sem avião, Janete seguiu de carro para a cidade e cancelou os outros compromissos que estavam agendados para este sábado. Ela registrou candidatura na última semana após o marido ter a candidatura indeferida pelo Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT).(G1)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui