‘Não vi nada’, diz aposentado que confirmou esquema de rachadinha no clã Bolsonaro

Recuo aconteceu após ele ter recebido um telefonema de Jair Bolsonaro - foto: recorte/arquivo

Recuo aconteceu após ele ter recebido um telefonema de Jair Bolsonaro cobrando explicações sobre a entrevista e dizendo que ele “não deveria ter falado nada”.

O aposentado da Marinha Mercante Waldir Ferraz, recuou das informações que repassadas por ele à revista Veja detalhando os supostos casos de rachadinha nos gabinetes parlamentares do clã Bolsonaro.

De acordo com o Broadcast do jornal O Estado de São Paulo, o recuo aconteceu após ele ter recebido um telefonema de Jair Bolsonaro cobrando explicações sobre a entrevista.

De acordo com a reportagem, Bolsonaro estaria irritado com o ex-assessor e amigo próximo e teria dito que ele “não deveria ter falado nada”.

Leu nos jornais

“Tudo o que eu disse à jornalista da Veja eu li nos jornais, não é nada que eu tenha visto. Eu vivi lá dentro e nunca vi esses esquemas de rachadinha”, disse Ferraz . Ele também disse ter “certeza” que nem Bolsonaro ou os filhos tinham conhecimento do esquema.

“Comigo nunca aconteceu (rachadinha) e tenho certeza que nem ele (Bolsonaro) e nem os filhos sabiam de nada. Nem sempre o que acontece nos gabinetes os deputados ou vereadores ficam sabendo”, completou.

Jair Bolsonaro cobra explicações sobre a entrevista e diz que ele “não deveria ter falado nada”, mas estava gravado:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui