‘Ninguém foi mordido por cobra em Manaus’, ironiza ministro Rebelo

Ministro Aldo Rebelo, ironiza/Foto: Ricardo Marsukawa
Ministro Aldo Rebelo, ironiza/Foto: Ricardo Marsukawa
Ministro Aldo Rebelo, ironiza/Foto: Ricardo Marsukawa

copa-aldo-rebelo-cobra-amazonas-ricardo-marsukawa-14-07-14

O ministro do Esporte,  Aldo Rebelo, defendeu a realização da Copa do Mundo no Brasil, elogiou os cartolas da Fifa e o apoio da mídia, mas ironizou as críticas, especialmente as relativas aos jogos em Manaus, sede mais criticada por ser distante dos grandes centros e pelas altas temperaturas.

Além da mídia, o técnico da seleção inglesa, Roy Hodgon, reclamou de Manaus antes mesmo do sorteio da Copa e o destino “ajudou” ao colocar o “English Team” estreando no Mundial contra a Itália na capital amazonense.

A torcida manauara não perdoou e se vestiu de azul no clássico realizado em 14 de junho. A cidade de Manaus ainda recebeu outros três jogos na primeira fase do Mundial que se encerrou no último domingo.

Meus agradecimentos ao Sr. (Joseph) Blatter por ter confiado ao meu país a organização da 20ª Copa do Mundo e ao secretário Jerome Valcke para que a Copa fosse organizada com êxito. Assim como a Ricardo Trade, do Comitê Local, e ao Luís Fernando (secretário executivo do Ministério do Esporte) e aos servidores”, comentou Rebelo.

“Foi difícil alcançar os resultados. Mando meu obrigado também aos que desconfiavam. Em Manaus, por exemplo, as cobras se recolheram na Copa e ninguém foi ‘mordido’. Nenhum cachorro louco atacou turista”, ironizou.

O ministro do Esporte destacou a hospitalidade do povo brasileiro aos turistas, esportistas e jornalistas estrangeiros. “Somos um povo mestiço e todos nós não vemos ninguém como estranho”, comentou.

Com o final da Copa do Mundo, o político do PCdoB declarou que o principal legado do Mundial será deixar os visitantes com “a vontade de retornar ao Brasil”. De acordo com o ministério do Esporte, ao todo foram 700 mil turistas apenas em junho, número 132% maior que o do mesmo período em 2013.(Terra)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui