Novo RG começa a ser emitido com 14 documentos; saiba como solicitar

Foto: Reprodução

Um dos principais documentos dos brasileiros sofreu uma drástica mudança e agora está muito mais completo. O novo modelo da carteira de identidade já começou a ser emitido em diversos estados. Ela traz consigo um QR Code que comprova sua autenticidade e permite incluir dados de até outros 12 documentos do cidadão.

De acordo com o governo, um dos maiores benefícios para as pessoas é poder incluir o nome social sem a necessidade de alteração no Registro Civil. Além disso, é possível acrescentar também a numeração de uma série de documentos, como:

• Título de Eleitor
• Carteira de Trabalho
• Certificado Militar
• Carteira Nacional de Habilitação – CNH
• Certidão de Nascimento ou Casamento
• CPF
• Documento de Identidade Profissional
• Documento Nacional de Identificação (DNI)
• Carteira Nacional de Saúde
• NIS
• PIS
• Pasep
• Tipo sanguíneo
• Fator RH

De acordo com o decreto 9.278, para inserir as informações de outros documentos no RG, é necessário que o cidadão faça a primeira ou a segunda via no novo modelo. Assim, será necessário apresentar os documentos originais que comprovem as informações fornecidas.

Conforme o decreto, no caso da tipagem sanguínea, será necessário apresentar exames médicos ou carteiras de doação de sangue que possuem a informação. Além disso, a nova versão do RG será emitida em formato de cartão com chip para aproximação. Sendo assim, os custos para emissão do novo modelo será definido pelos órgãos de identificação de cada estado.

Foto: Reprodução

Dessa forma, o RG traz um QR Code como elemento de segurança para atestar sua autenticidade.

Além disso, há também a inserção de outros elementos de segurança, como detalhes que são perceptíveis ao tato e reativos à luz ultravioleta.

Onde posso fazer o novo RG?

O novo RG já é emitido nos estado de:

• Distrito Federal
• Goiás,
• Mato Grosso
• Acre
• Maranhão
• Ceará
• Rio de Janeiro
• Paraná
• Rio Grande do Sul
• Santa Catarina
• São Paulo

Estados que o novo RG será implantando até março 2020:

• Alagoas (AL)
• Amapá (AP)
• Amazonas (AM)
• Bahia (BA)
• Espírito Santo (ES)
• Mato Grosso do Sul (MS)
• Minas Gerais (MG)
• Pará (PA)
• Paraíba (PB)
• Pernambuco (PE)
• Piauí (PI)
• Rio Grande do Norte (RN)
• Rondônia (RO)
• Roraima (RR)
• Sergipe (SE)
• Tocantins (TO)

De acordo com o Governo Federal, os outros estados que ainda não estão emitindo o novo RG, deverá implantar o novo modelo até março de 2020. Ela foi determinado pelo decreto 9.278 de 2018, da Presidência da República. O texto também lança uma opção de RG em formato de cartão com chip e durabilidade estimada de até 10 anos.
Muito Importante

Adiar a confecção da primeira carteira de identidade pode trazer uma inesperada dor de cabeça. A apresentação do documento é obrigatória a partir dos 12 anos para quem vai viajar de ônibus e avião.

Para você ter uma ideia do tamanho do problema, sem o RG, a Ana Luísa, de 11 anos, não embarcou para o Espírito Santo e o pai ainda teve de pagar R$ 300 para remarcar a viagem da filha.

Fonte: Simões Filho Online

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui