O PSB expulsa o vereador Elias Emanuel por infidelidade partidária

Vereador Elias Emanuel (PSB)

Vereador Elias Emanuel (PSB)
Vereador Elias Emanuel (PSB)

O vereador Elias Emanuel acaba de ser expulso do PSB municipal/Manaus, por 13 votos a 01. A decisão saiu agora à noite desse dia, 16, após uma longa discussão em torno do processo de infidelidade partidária movido contra o vereador, pela bancada do partido no Amazonas.
Ele estava sendo notificado por não tem seguido orientação do partido e apoiado o vereador Wilker Barreto (PHS), seguindo orientação do prefeito Arthur Neto (PSDB), para a presidência da Câmara Municipal de Manaus (CMM).
Na ocasião, PSB tinha lançado o vereador Marcelo Serafim (PSB), para presidência da Câmara. Ou seja, o partido tinha candidato ao cargo máximo da CMM, mas, mesmo assim, o vereador Elias Emanuel preferiu apoiar outro candidato, de outro partido.
Após a confirmação do vereador Wilker Barreto para a presidência da Casa, Elias Emanuel foi premiado com o cargo de Líder do prefeito na CMM.
Ocorre que, Elias Emanuel só foi expulso do Diretório Municipal. O processo corre agora, na esfera estadual. Fontes do partido, entretanto, garante que não tem volta. “Uma vez expulso da municipal, certamente estará expulso na estadual também”, garantiu
Não localizamos o vereador Elias Emanuel para se manifestar sobre o assunto. A mesma fonte garantiu que ele estava presente na reunião, que decidiu por sua expulsão, mesmo assim, não conseguiu evitar o processo.

A decisão agora passa pela perda do mandato. Mas esse é um outro departamento, que pode durar meses, anos e, depende de decisão no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O vereador eleito pode recorrer e terminar o mandato sob liminar.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui