Sobe para 21 o nº de mortos em operação policial, no Rio

Policiais levam feridos para o Hospital Getúlio Vargas — Foto: Reprodução/TV Globo

Ao menos 21 pessoas morreram durante uma operação policial na Vila Cruzeiro, na Penha, na Zona Norte do Rio, nesta terça-feira (24). A ação começou de madrugada e segue durante esta tarde.

Segundo a Polícia Militar, pelo menos 12 mortos eram suspeitos. Outras oito pessoas mortas, até as 16h, ainda não tinham sido identificadas pelas autoridades.

Fora os 12 mortos, uma moradora também morreu. Segundo a polícia, Gabrielle Ferreira da Cunha, de 41 anos, foi atingida por uma bala perdida na entrada da Chatuba, que fica ao lado da Vila Cruzeiro.

A operação também deixou feridos. No início da tarde, ao menos duas pessoas foram socorridos pela Polícia Rodoviária Federal para um hospital da região. Eram uma mulher, que estava lúcida, e um homem inconsciente, com um ferimento na barriga.

Além delas, um policial civil foi ferido por estilhaços de bala no rosto durante perícia no local. Identificado como sendo Sérgio Silva Rosário, o agente passa bem.

“Realidade trágica”

A PM informou que foram apreendidos na operação 11 fuzis, quatro pistolas, motocicletas e seis automóveis que teriam sido usados pelos criminosos.

Polícia apreende fuzis na Vila Cruzeiro — Foto: Reprodução

O tenente-coronel Ivan Blaz, porta-voz da PM, disse que a organização criminosa é responsável por mais de 80% dos confrontos armados do Rio de Janeiro, e que realiza uma “campanha expansionista” no estado.

Ele disse que a morte da moradora de Gabriele Ferreira da Cunha é uma “realidade trágica”. “Esse resultado logo no início da operação já nos desestimula. Ele já é um fato lamentável, muito lamentável, uma família impactada por um resultado desse, da violência”.

As mortes na Vila Cruzeiro ocorreram poucas semanas após a data que marcou um ano do massacre no Jacarezinho, a operação policial mais letal da história do Rio de Janeiro, que deixou 28 mortos.

De acordo com relatos, os tiros começaram por volta das 4h.

DW

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui