Ouvir música durante o treino é capaz de intensificar resultados

Foto: Divulgação

Estudo revela que ouvir músicas aceleradas durante exercícios aumenta os benefícios do treino à saúde

É muito comum ver pessoas, tanto na academia, quanto nas ruas, fazendo exercícios com fones no ouvido. Será que o único objetivo delas é se desligar dos barulhos externos? Pode até ser, mas, na verdade, a música é muito mais poderosa do que pensamos. De acordo com estudo publicado pela revista científica Frontiers in Psychology, escutar músicas durante a atividade física é capaz de maximizar os benefícios do esforço à saúde.

No entanto, vale destacar: não é qualquer tipo de música. Isso porque o levantamento foi elaborado a partir de músicas mais aceleradas, com batidas mais intensas, de forma que, quando unidas à prática de atividades físicas, possibilitam um bom aumento da frequência cardíaca e reduzem a sensação de força e fadiga.

A pesquisa, feita com 19 mulheres voluntárias com idade entre 24 e 31 anos, considerou três níveis de músicas: Baixo: 90-110 batimentos por minuto (bpm); médio: 130-150 bpm; e alto: 170-190 bpm. Os resultados do experimento apontaram que as participantes executaram os treinamentos de forma muito mais intensa, sem sentir tanto cansaço, quando a música mais animada (alta frequência) era tocada.

Mais do que aumento na frequência cardíaca

Ao realizar atividades aeróbicas ou exercício para pernas, o efeito positivo da música vai muito além da concentração, da baixa percepção de cansaço ou do aumento das batidas do coração. Ao escutar uma canção que se gosta, os hormônios do prazer também são liberados, o que contribui para a satisfação no treino. Como se estes já não fossem ótimos motivos, vale lembrar que a música por si só é estimulante e tem valiosa influência sobre o nosso sistema emocional.

Além disso, segundo outro estudo, desenvolvido por Costas Karageorghis, treinador e pesquisador da Brunel University, de Londres, algumas seleções específicas de músicas, especialmente as pop e rock, são capazes de aumentar em até 15% a resistência entre os praticantes de corridas. Os testes físicos feitos com voluntários mostraram que o uso de fones de ouvido ajuda os atletas a suportar treinos mais pesados, mesmo diante do cansaço.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui