Petroleiros fazem manifestação em frente à Reman

Foto: Divulgação

Em greve há mais de dez dias, petroleiros do Amazonas fizeram, manhã desta sexta-feira (14) uma manifestação em frente à Refinaria Isaac Sabbá (Reman), localizada na rua Quixito, 1, Vila Buriti, Zona Sul. A paralisação da categoria acontece por conta das demissões, aumento do preço de combustíveis, entre outras reivindicações.

Um dos protestos, em Manaus, aconteceu nesta quinta-feira (13). O Sindicato dos Petroleiros do Amazonas (Sindpetro-AM) realizou a venda de 200 botijões de gás de 13 quilos por R$ 40.

Ainda de acordo com os petroleiros, a Petrobras não respeita o acordo coletivo de trabalho. A categoria critica também a mudança, por parte da estatal, da tabela de turnos ininterruptos dos trabalhadores com revezamento, em todo o país, sem que houvesse discussão com as lideranças sindicais.

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, disse, hoje (14), que a empresa vai continuar a contratação de equipes de contingência, se houver necessidade, para garantir a produção de petróleo e gás durante a greve dos petroleiros.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui