Polícia Civil prende quadrilha de assaltantes, em Presidente Figueiredo

Presos quando tentavam ultrapassar barreira policial/Foto: SSP

Presos quando tentavam ultrapassar barreira policial/Foto: SSP
Presos quando tentavam ultrapassar barreira policial/Foto: SSP
Objetps apreendidos em poder dos assaltantes/Foto: SSP
Objetps apreendidos em poder dos assaltantes/Foto: SSP

As equipes de policiais da 37ª Delegacia Interativa de Polícia Civil de Presidente Figueiredo, sob a coordenação da Delegada Adjunta, Joyce Viana, prenderam na manhã de quinta-feira (26), com o apoio da Polícia Rodoviária Federal (PRF), quatro pessoas envolvidas em assalto a uma cliente que saía de uma agência bancária do município.

Eles foram detidos no quilômetro 43, no veículo em que fugiam, em direção à Manaus, ao tentar ultrapassar uma barreira policial.

De acordo com as informações da Delegada Joyce Viana, quando a vítima saiu da agência, por volta das 09h40, duas pessoas que estavam em um carro pediram informações da vítima, e neste momento, um dos acusados identificado por Evandro, com um revólver apontado para a mulher, anunciou o assalto.

A partir daí o bandido teria ordenado a ela que entregasse o dinheiro que havia sacado. Porém, ela respondeu que não possuía tal valor, e Evandro insistiu dizendo que já sabia que ela carregava dinheiro no bolso. Diante da negativa, outra comparsa do assaltante se encarregou de arrancar o dinheiro da calça da vítima, no valor R$ 1.290. E após isso fugiram.

Após o assalto, a vítima se dirigiu à delegacia e informou do ocorrido. Em seguida, os policiais entraram em contato com a PRF informando as características do carro, a quantidade de dinheiro e o celular da vítima. Ao perceberem a aproximação do veículo com as características indicadas, um carro modelo Gol de cor vermelha, placas não informadas, os policiais fizeram a abordagem, e identificaram duas mulheres e dois homens.

No interior do veículo, foram encontrados além dos pertences da vítima, dinheiro e diversos documentos, além de aparelhos celulares.No momento da prisão, a quadrilha estava com R$ 1.141 em espécie, cartões bancários, dois relógios dourados e cinco aparelhos celulares. A arma teria sido jogada antes de serem detidos na barreira policial.

Segundo as informações da delegada, as outras duas pessoas que estavam no veículo seriam “olheiros” da quadrilha. Foram presos Cleocimar Coelho Araújo, 26, Evandro Rabelo Espírito Santo, 42, Ângela Maria de Araújo Lobo, 36, e Aracélia Costa de Freitas, 36.

“Por se tratar de uma quadrilha experiente, eles ainda tentaram afirmar que o crime que praticaram era o golpe da baluda, como uma tentativa de desqualificar o crime cometido”, informou a Delegada Joyce Viana.

Entretanto eles responderão pelos crimes de roubo e formação de quadrilha (Artigos 157 e 288 do Código Penal Brasileiro). Após os procedimentos legais, eles foram levados para a carceragem da delegacia, onde ficarão à disposição da justiça.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui