Por meio da Aleam, servidores estaduais recebem 13º e incrementam economia local

Foto: Reprodução

Até o fim do ano, os mais de 110 mil servidores estaduais deverão receber, aproximadamente, R$ 430 milhões referentes às duas parcelas do 13º salário. O pagamento deve impulsionar as vendas do comércio local e a produção de bens na temporada natalina.

De acordo com o presidente da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Aleam), Josué Neto, o Poder Legislativo tem forte participação na liberação do benefício. Por meio de Emenda Constitucional, foram remanejados R$ 300 milhões da Agência de Fomento do Estado do Amazonas (Afeam), para cobrir 50% do valor do pagamento.

A PEC nº 12/2019, foi construída dentro da Assembleia Legislativa e encaminhada por meio de indicação coletiva ao governo. A matéria foi aprovada por 18 votos a 1, marcando a ação efetiva da Aleam na busca de soluções para o povo, segundo Josué Neto. O resultado se traduz na segurança salarial dos servidores, que terão seu fim de ano sem sobressaltos quanto ao recebimento dos salários, que estavam ameaçados pela crise financeira.

Com a aproximação do pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos estaduais, prevista para até 20 de dezembro, a economia do Estado terá mais uma injeção de pelo menos R$ 253 milhões, para as festas de fim de ano. Bom para os comerciantes que investem tudo no Natal, cuja previsão de crescimento das vendas no período é de 5,5% em relação a 2018, segundo o presidente da Câmara dos Dirigentes Lojistas de Manaus (CDLM), Ralph Assayag.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui