A poucos dias de referendo, Turquia sofre explosão em posto policial

Governo não trabalha com hipótese de atentado terrorista/Foto: Divulgação

Uma forte explosão foi registrada nesta terça-feira (11) em Diyarbakir, considerada a “capital” curda no sudeste da Turquia, informou a imprensa local. Ao menos uma pessoa teria morrido no incidente. As causas da explosão ainda não foram esclarecidas, mas equipes da polícia turca, ambulâncias e bombeiros foram enviados ao local, onde foi formada uma alta coluna de fumaça.

De acordo com os primeiros indícios da investigação, a explosão ocorreu próxima a um posto policial que se encarrega de neutralizar motins e protestos, localizado no bairro de Baglar.

No momento do incidente, ocorriam trabalhos de reparo de um tanque blindado. Vários carros e edifícios da região também foram danificados pela explosão.

O presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, foi informado da explosão pelo prefeito de Diyarbakir, Huseyin Aksoy, mas o governo não trabalha com a hipótese de atentado terrorista. A Turquia tem sido alvo de constantes atentados, tanto de grupos rebeldes curdos quanto de organizações extremistas, como o Estado Islâmico.

A região de Diyarbakir, principalmente, é cenário de confrontos diários entre as forças do governo e os membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), considerado terrorista por Ancara.

Governo não trabalha com hipótese de atentado terrorista/Foto: Divulgação

Daqui a cinco dias, a Turquia também fará um referendo polêmico para ampliar os poderes de Erdogan e permitir sua reeleição (caso ocorra, deixaria o presidente no cargo até pelo menos 2029).

Por conta da votação, o país se encontra em estado de emergência e Erdogan afirma que a ampliação de seus poderes ajudaria no combate aos separatistas curdos.

Fonte: Notícias ao Minuto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui