Propostas de pesquisadores do Alto Solimões são selecionadas pelo Painter

Foto: Reprodução

Nove pesquisadores da região do Alto Solimões, integrantes da rede de apoio ao Parque Científico e Tecnológico do Alto Solimões, tiveram suas propostas selecionadas pelo Programa de Apoio à Interiorização em Pesquisa e Inovação Tecnológica no Amazonas (Painter), fomentado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado do Amazonas (Fapeam) e que conta com o apoio técnico da Secretaria Executiva de Ciência, Tecnologia e Inovação do Amazonas (Secti).

Durante o processo de construção das propostas científicas, os pesquisadores receberam mentoria da equipe técnica do Núcleo para o Desenvolvimento e Integração da Faixa de Fronteira do Estado do Amazonas (Niffam), que está sob a coordenação da Secti.

Os pesquisadores aprovados pelo Painter e que fazem parte da rede que dá suporte ao Parque Científico e Tecnológico do Alto Solimões, estão baseados na Universidade do Estado do Amazonas (UEA – Tabatinga) e na Universidade Federal do Amazonas (Ufam – Benjamin Constant) e ainda no Instituto Federal do Amazonas (Ifam – Tabatinga).

Potencialidades – Um dos projetos selecionados pelo Painter foi o da professora e pesquisadora, Leonor Farias Abreu, de 55 anos. Ao perceber o alto fluxo de pessoas de diferentes nacionalidades e etnias que transitam pela cidade de Benjamin Constant (distante 1.118 quilômetros de Manaus), ela decidiu criar um projeto com o objetivo de mapear esse fluxo, além de outros indicadores, para apontar os principais pontos buscados e frequentados pelos turistas que transitam por aquele município.

Benefício para a região – O diretor do Instituto de Natureza e Cultura (INC) da Ufam, em Benjamin Constant, José Ribamar da Silva Nunes, salienta que os projetos aprovados pelo Painter no Alto Solimões podem beneficiar a região em diversas áreas.

O professor do curso de Geografia da UEA em Tabatinga, Máximo Alfonso Rodrigues Billacrês, 31, doutor em Biotecnologia, explica que seu projeto, intitulado “Cadeias produtivas sustentadas e sustentáveis: um diagnóstico da cesta frutífera da agricultura familiar do Alto Solimões”, tem como propósito principal a identificação dos principais produtos frutíferos do Alto Solimões.

Parque – O Parque Científico e Tecnológico do Alto Solimões é um projeto do Niffam que tem, entre outros objetivos, qualificar e capacitar recursos humanos por meio de atividades de ensino, pesquisa e extensão, criando condições de fixação de capital humano na região, além de promover a geração de ocupação e renda por meio de empreendimentos de base científica e tecnológica, agregando impactos social e ambiental positivos.

O projeto faz parte do Plano Plurianual (PPA) do Governo do Amazonas e também de uma iniciativa em parceria com o Ministério de Desenvolvimento Regional (MDR), por meio das Rotas da Biodiversidade (Polo Bioamazonas) e da Comissão Permanente para o Desenvolvimento e a Integração da Faixa de Fronteira (CDIF).

Foto: Reprodução

Núcleo – O coordenador do Niffam, Thiago Franco, destaca que as propostas selecionadas no Painter tiveram o incentivo e oferta de suporte junto aos técnicos do Núcleo.

Os projetos dos pesquisadores da rede de CT&I do Alto Solimões que foram selecionados pelo Painter, são:

• Centro de conservação de germoplasma e implantação do espaço científico e cultural da tríplice fronteira, Alto Solimões
Coordenadora: Taciana de Carvalho – Ufam – Benjamin Constant

• Redes de Valor na Amazônia (PROVALOR): a cadeia de valor da castanha do Brasil no interior do Amazonas
Coordenador: Pedro Mariosa – Ufam

• Educação de jovens e adultos com povos do campo, das águas e da floresta: Territorialidades, políticas e práticas no Alto Solimões/AM
Coordenadora: Jarliane da Silva Ferreira

• O fazer pedagógico de professores indígenas: evidenciando as ‘práticas invisíveis’ em comunidades no Alto Solimões-AM
Coordenador: Jorge Luís de Freitas Lima

• Línguas indígenas, Português e Espanhol: A dimensão sociolinguística desse contato/conflito na faixa de fronteira
Coordenadora: Ligiane Pessoa dos Santos Bonifácio

• Cadeias produtivas sustentadas e sustentáveis: um diagnóstico da cesta frutífera da agricultura familiar do Alto Solimões
Coordenador: Máximo Alfonso Rodrigues Billacrês – UEA Tabatinga

• Redes de comercialização e abastecimento: feiras e mercados na faixa de fronteira – Brasil, Peru e Colômbia
Coordenadora: Antônia Ivanilce Castro da Silva – Ufam – Benjamin Constant

• Rede Logística para Atividade Turística em Área de Fronteira na Amazônia: um estudo estratégico para viabilidade socioeconômica no município de Benjamin Constant-AM
Coordenadora: Leonor Farias Abreu

• Plano de Implantação e Operação de uma Cooperativa de Catadores de Materiais Recicláveis no Município de Tabatinga-AM
Coordenador: Marxer Antônio Colares Batista – Ifam – Tabatinga

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui