Prova objetiva do concurso para procurador da PGE-AM, registra 474 ausentes

Foto: Arthur Castro/Secom

A prova objetiva do concurso da Procuradoria Geral do Estado (PGE-AM) para o cargo de procurador, ocorrida neste domingo (22/05), em Manaus, registrou 474 ausentes, cerca de 27% do total de 1.759 candidatos inscritos para concorrer a uma das cinco vagas abertas no certame. O gabarito da prova será divulgado nesta segunda-feira (23/05).

Segundo o edital, as provas escritas dissertativas acontecem nos dias 16 e 17 de julho. Já as provas orais estão marcadas para ocorrer entre os dias 29 de novembro e 3 de dezembro. O último concurso público para preenchimento de vagas de procuradores do Estado do Amazonas ocorreu há seis anos, em 2016.

“Isso é essencial, porque demonstra a valorização desse órgão, que é tão relevante para a estrutura do governo, para a população. É muito simbólico para comemorar os 50 anos de um órgão de tanto destaque como é a PGE”, afirma Renan Taketomi, procurador do Estado e secretário da Comissão de Concursos da PGE-AM.

Ele destaca a importância do cargo de procurador para a administração pública e a iniciativa de realização desse concurso público. “Ele é essencial, não só na recuperação da dívida ativa, mas na preservação de patrimônio público e implementação de políticas públicas”, explica.

Foto: Arthur Castro/Secom

“Questões que estão no dia a dia da população, como programas de ação social, realização de obras públicas, até a própria aquisição de medicamentos, passam pelo crivo da PGE para selecionar uma maneira de contratação que esteja dentro do ordenamento jurídico”, completa Taketomi.

Preparação

Vindo do Maranhão para fazer a prova de procurador em Manaus, o advogado Luiz Felipe disse ter se preparado bastante para concorrer a uma das vagas abertas pelo Governo do Amazonas.

“Eu me preparo para a carreira de procurador, então vinha acompanhando há alguns meses as postagens do governador do Estado e já sabia que viria fazer concurso aqui. Quando saiu o edital, me inscrevi. Já venho nessa jornada estudando intensamente desde 2019 e estou em busca de uma vaga. Espero conseguir”.

Quem também estudou bastante para o concurso foi a advogada Keliane Isper. “Vinha me preparando para este concurso e fazendo outros também. A seleção para procurador de Estado exige bastante dos candidatos e uma preparação bem demorada, no mínimo, uns dois anos de estudo”, enfatizou.

A remuneração para os novos cargos de procurador é de R$ 24.589,99. Com validade de dois anos, o concurso poderá ser prorrogado por mais dois.

Trata-se do segundo concurso realizado pela PGE-AM neste ano. No dia 17 de abril, o órgão realizou o concurso para provimento de cargos da atividade meio, o primeiro em 50 anos da PGE-AM.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui