Quem pode fazer Day Trade?

Foto: Reprodução

Por Rodolfo Milone

Day Trade é um tipo de operação dentro da Bolsa de Valores cuja ideia é o investidor identificar a oscilação nos valores dos ativos em, no máximo, um dia e em função disso comprar ou vender títulos visando lucro.

Como oferece resultados praticamente imediatos, o Day Trade é uma prática bastante atrativa e, por isso, que cada vez mais pessoas têm procurado se especializar nessa modalidade.

Embora qualquer pessoa possa fazer Day Trade, desde que esteja em dia com as exigências da B3, essa não é uma atividade necessariamente fácil. São demandados requisitos técnicos, estudo do mercado, atenção, disciplina, análises profissionais e ter perfil para lidar com os riscos e a pressão das movimentações diárias.

Requisitos técnicos

Ainda que qualquer pessoa possa praticar esse tipo de operação, existem alguns requisitos técnicos básicos, sem os quais a compra e a venda de ativos torna-se inviável.

O primeiro deles é o computador com conexão à internet, no qual é feito o acompanhamento das cotações. Para acessar os dados, é necessário estar cadastrado em uma plataforma de investimentos, onde é possível acessar o Home Broker, responsável por conectar a corretora de valores com a B3 e permitir o envio de ordens de compra e venda, além de todo o gerenciamento financeiro.

Para atuar com tranquilidade é recomendável contar com uma estação de trabalho e garantir qualidade de equipamentos e conexão mínima, para acompanhar a movimentação dos preços. Os movimentos costumam ser rápidos, qualquer instabilidade do sinal pode representar prejuízo financeiro.

Como se preparar para ser trader 

É importante ter aptidões para operar com maior possibilidade de ganho de capital. Assim, é indicado que o trader tenha como características dedicação para estudar e prática. Em função disso, habilidades e competências podem ser desenvolvidas, criando o chamado DNA operacional do trader, que é consequência do esforço individual acrescido de características próprias de cada investidor.

Traders profissionais contam com o chamado setup, a maneira como tendem a operar no mercado e a abordagem padrão de seus movimentos de entrada e saída das posições. Ainda que eventualmente esse modelo possa ser alterado, é importante que ele exista para que o trader tenha uma proteção em relação ao emocional e saiba lidar com a volatilidade natural do mercado.

É importante ter preparo emocional para lidar com as pressões. Não há como seguir sempre à risca o setup, pois a própria dinâmica do mercado coloca metodologias constantemente sob suspeita. É preciso ter resiliência e disciplina para atuar com critérios, mas ter jogo de cintura necessário para tomar decisões instantaneamente.

Técnicas úteis

Existem técnicas sobre as quais o trader pode se debruçar para enxergar melhor as oportunidades que se apresentam. O tape reading, por exemplo, auxilia na identificação de oscilação de preços, tendo como referência as ordens de compra e venda que o mercado apresenta. Já a análise técnica ou gráfica de ações utiliza os gráficos para avaliar a movimentação do mercado. A ideia é mapear o histórico em busca de padrões que podem se repetir.

Outra possibilidade é trabalhar com o chamado price action, no qual existe uma espécie de trilha gráfica que revela a disposição que um mercado tem para aumentar ou diminuir os preços. Em linhas gerais, é uma análise parecida com a técnica, com a diferença de não utilizar indicadores.

Perfil ideal para o trader 

Não é preciso ter formação específica para atuar como trader, sendo possível conciliar uma carreira principal com o trabalho no mercado financeiro. Isso não dispensa o investidor de desenvolver um conhecimento profundo a respeito de como o mercado funciona e o que faz os preços dos ativos oscilarem.

A tomada de decisão que, na maioria das vezes, envolve o gerenciamento de riscos em momentos de pressão, diferencia traders de sucesso daqueles que perdem dinheiro investindo.

Quanto ao capital disponível para a aplicação, é importante contar com uma reserva de emergência, principalmente em se tratando de um investidor iniciante. Dessa forma é possível aumentar a margem de segurança em relação a imprevistos, além de criar meios para se beneficiar de oportunidades.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui