Rede de proteção combate o trabalho infantil na zona leste

Foto: Divulgação

A popular área do Fuxico, na Zona Leste de Manaus, recebeu uma ação para alertar e combater a prática do trabalho infantil, na manhã desta segunda-feira (15). Servidores da Secretaria de Estado de Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Sejusc), do Conselho Estadual da Criança e do Adolescente (CEDCA) e do Conselho Tutelar participaram da iniciativa de afixação de cartazes em estabelecimentos comerciais.
Com a mensagem “É muito cedo, muito triste e muito covarde, cortar infâncias pela metade”, 60 cartazes foram afixados em pontos comerciais localizados na zona leste. Os materiais contam também com os canais para denúncias: 100 – Disque Direitos Humanos e 0800-092-1407 – SOS Criança Manaus.
A afixação de cartazes foi aprovada por Júnior Meireles, gerente operacional de uma distribuidora da região do Fuxico, que afirma ver com frequência meninos e meninas vendendo produtos pela área. “É uma ação muito boa em relação aos menores. Muitos deles, os pais obrigam a trabalharem, sendo que não pode. Muitas vezes os pais ficam em casa enquanto as crianças trabalham. Várias passam aqui pela frente para vender coisas, sendo que podiam estar estudando”, contou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui