Rodoviários estão parando vários bairros de Manaus, nesta quarta (19)

Rodoviários paralisam vários pontos de Manaus - Fonte: Reprodução

Os trabalhadores dos transportes rodoviários de Manaus, paralelo ao Sindicato dos Rodoviários, estão parando até às 15 horas, o Centro da capital, fechando a Ponte Rio Negro, parando a Rotatória da Suframa (Bola da Suframa) e a rotatória da Feira do Produtor, na Zona leste de Manaus.

O movimento terá início às 15 horas, simultaneamente em toda a cidade. Os cabeças do movimento grevista são de oposição ao presidente do sindicato, Givancir de Oliveira. Eles estão ‘botando pressão’ para que o presidente resolva, o problema do reajuste salarial e das vacinas. O fechamento da Ponte está sendo feito por moradores de Iranduba, por causa dos péssimos serviços prestados pela empresa que atende aquele município.

Rodoviários dizem que vão endurecer as negociações por vacina e aumento salarial – foto: Gabriel Guimarães

O movimento paredista está sendo puxado pelos próprios profissionais do volante de oposição, que ao longo da semana vinham esperando uma reposta do Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Amazonas (Sinetram), sem nenhum resultado.

Reivindicação

Os trabalhadores estão reivindicando aumento de salários e a vacinação em massa da categoria. levantamento feito pelo Sindicato dos Rodoviários indicam que a categoria teve uma baixa de mais de 120 trabalhadores mortos pelo Covid-19.

Revoltados, eles prometeram parar o sistema, caso não fossem atendidos. É o que está acontecendo agora.

Também estão aderindo à greve os moradores do município de Iranduba, que lutam a anos pelo transporte direto para o Centro de Manaus, a prefeitura do município não tem dado importâncias às reivindicações dos usuários locais.

Depois daremos mais detalhe …

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui