RR: Equipe da Globo é detida e acusada de invadir casa de vereadora

Jornalistas estão em Boa Vista para fazer uma reportagem para o quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico.

Jornalistas estão em Boa Vista para fazer uma reportagem para o quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico.
Jornalistas estão em Boa Vista para fazer uma reportagem para o quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, do Fantástico.

Uma equipe de reportagem do programa Fantástico, da Rede Globo, foi conduzida na manhã de sexta feira (10) para o 1º Distrito Policial, onde tiveram que prestar esclarecimentos sobre a denúncia de que haviam invadido a residência da vereadora Mayara Ferreira (PMDB), no bairro Caçari, zona Leste, na tarde de quinta-feira.

Os jornalistas, que vieram até Boa Vista realizar uma reportagem para o quadro “Cadê o dinheiro que tava aqui?”, sobre o pagamento de verbas indenizatórias e de gabinete dos vereadores, foram até a casa da vereadora, que estava viajando para Manaus (AM), onde participou de um evento. No entanto, segundo o pai de Mayara, Gislene Ferreira, a equipe entrou no local sem pedir autorização. “Eu estava ausente no momento, mas foi um fato desagradável. Chegaram aqui tentando invadir a casa, meu filho tentou impedir, mas eles não gostaram e ficaram debochando”, relatou.

 

Conforme ele, a equipe se negou a sair do domicílio, até que o irmão da vereadora chamou a polícia. “Eles não queriam sair, disseram que estavam na extensão da rua e meu filho estava tentando explicar para eles, mas não aceitavam. Então, ele chamou a polícia e foram para a delegacia”.

 

Ainda de acordo com Ferreira, os repórteres se negaram a apresentar a filmagem para a delegada, que acabou apreendendo parte dos equipamentos da equipe. “Ficaram muito tempo na delegacia. Não queriam entregar as filmagens, com certeza para editar do jeito deles para nos comprometer ou tentar atenuar a invasão”, disse.

 

A titular do 1° Distrito de Polícia, delegada Francilene Lima, confirmou a apreensão dos equipamentos. “O material foi apreendido com o objetivo de averiguarmos a materialidade, porque era uma prova. Passou por perícia e foi liberado. A família registrou Boletim de Ocorrência por invasão de domicílio”, informou.
Globo nega invasão e diz que houve mal-entendido

 

A equipe de reportagem da Folha entrou em contato com a Produção do programa Fantástico, da Rede Globo. Por telefone, a assessoria negou que houve invasão à casa da vereadora e afirmou que tudo não passou de um mal entendido.

 

“Não houve nenhuma invasão. A equipe esteve na porta da casa da personagem e acabou acontecendo um mal-entendido. Depois de prestados os esclarecimentos, tudo foi resolvido. Não se comprovou nenhuma irregularidade. A nossa equipe nunca entra em locais privados sem autorização”, afirmou. (L.G.C)
(Folhabv)

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui