Sai relação das cidades com o menor custo de vida no Brasil

Recife disponibiliza as melhores condições de preço nas categorias de serviços - foto: Secom-PE

Saiu a relação e ranking das cidades com o menor custo de vida do Brasil, ou seja onde é mais barato viver.

O levantamento é da consultoria Mercer, famosa por avaliar o custo de vida em vários locais pelo mundo. E em 2022, a Mercer fez a pesquisa aqui nosso país.

A cidades mais caras são São Paulo, Rio de Janeiro e Brasília. Já as com menor o custo de vida ficam no nordeste, no centro-oeste e na região sudeste. (veja abaixo)

No ranking, diversos fatores foram considerados como esporte e lazer, serviços domésticos, cuidados pessoais e refeição fora de casa, entre outros.

São Paulo é parâmetro

Para criar o ranking das cidades com menor custo de vida, a Mercer utilizou como parâmetro a cidade de São Paulo (SP), que neste ano está classificada como a mais cara de todo o território brasileiro para se viver.

Em seguida, estavam Rio de Janeiro (RJ) e Brasília (DF) também são outras cidades com custo de vida elevado.

De acordo com o ranking da Mercer, as 5 cidades brasileiras mais baratas para se viver são das regiões Nordeste, Centro-Oeste e Sudeste.

Vale lembrar que a região Sudeste tem o maior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil, enquanto o Centro-Oeste ocupa o 2º lugar. O IDH do Nordeste, por sua vez, é considerado médio.

Serviços domésticos do município são 34% mais baratos., que nas demais cidades do Brasil – foto: recorte

Agora confira a lista:

Fortaleza (CE): é considerada a 5ª cidade mais populosa do país. Na comparação com São Paulo (SP), os serviços domésticos do município são 34% mais baratos. Em relação às refeições fora de casa, esse fator também é mais em conta, sendo 32% mais barato que na capital paulista.

Campo Grande (MS): a cidade apresenta um custo de vida mais competitivo em áreas como roupas e calçados e cuidados pessoais. Em comparação com São Paulo (SP), é 25% mais econômica.

Recife (PE): Em termos de custo de vida, Recife disponibiliza as melhores condições de preço nas categorias de serviços e suprimentos domésticos, sendo 34% e 6%, respectivamente, mais barata que a capital paulista.

Belo Horizonte (MG): a capital mineira tem o custo de vida mais baixo em categorias como esporte e lazer. Sendo assim, para esses itens, o custo é cerca de 23% mais barato em comparação com São Paulo (SP). Vale lembrar que Belo Horizonte também é bastante conhecida pela sua gastronomia e por seus bares.

Campinas (SP):  a cidade tem as melhores condições de preços em serviços domésticos e transporte. Em comparação com a capital, nesses itens ela é 6% e 2%, respectivamente, mais barata.

Por Monique de Carvalho

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui