Se o PSDB indicar, Mário Frota pode até ser o Vice de José Melo

Vereador Mário Frota (PSDB)

Vereador Mário Frota (PSDB)
Vereador Mário Frota (PSDB)

A falta de vice em quase todas as chapas majoritária ao Governo do Amazonas tem contribuído para aumentar as especulações de prováveis postulantes ao cargo nas duas principais coligações políticas. O mais novo nome cogitado para uma dessas vagas, mais recentemente, foi o do vereador Mário Frota (PSDB) na chapa do governador José Melo (PROS).

Mário Frota garante que não cogitou essa possibilidade, mas que viu seu nome sendo divulgado nas redes sociais e entre amigos como o indicado do PSDB ao cargo de vice na chapa de José Melo. Ele disse que não é o seu projeto político voltar a ser Vice em chapas para o governo e muito menos para a prefeitura.

“Ainda tenho traumas do cargo de Vice do ex-prefeito Serafim Correa (PSB)”, assegura. (Serafim foi prefeito de Manaus de 2004 a 2008). Para ele, essa foi a pior experiência política da sua vida. “Eu falava uma coisa, Serafim entendia outra. Eu mostrava que o barco estava à deriva e naufragando e ele não ouvia. Foi um fracasso. Perdemos a reeleição de forma humilhante. Foi uma derrota acachapante para o Amazonino Mendes (PDT)”, justificou.

O trauma, no entanto, não é um empecilho para o vereador Mário Frota repensar o seu posicionamento. Como “soldado do partido”, disse que vai ouvir as lideranças, avaliar e responder dentro do contexto. Mário reclamou do curto espaço de tempo entre o provável convite e a decisão. Todos os partido tem que realizar as suas convenções até o dia 30 de junho.

O PSDB declarou apoio e já está na base do PROS desde a semana passada. Isso reforça a tese de que o postulante ao cargo é mesmo Mário Frota. Mas ele garante que esse não é um projeto para ser tratado do dia para a noite.

Ele é um Vice que “fala”, que aponta falhas na administração e isso pode não ser um atrativo para o cabeça de chapa. Embora garanta que na condição de líder do PSDB na Câmara, tenha convivido harmoniosamente com o chefe do executivo desde então.

Para os seus pares, no entanto, independente de ter sido convidado ou não, Mário Frota é um dos únicos do partido, que reúne todas as condições políticas necessárias para galgar esse posto. Ele mantém o mandato de vereador caso não seja vitorioso, está há 40 anos na política do Estado, não tem mácula em seu currículo, é um parlamentar com conhecimento de administração pública, progressista e definido no seu projeto político.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui