Seap realiza curso profissionalizante na Unidade Prisional de Itacoatiara

Foto: Divulgação

Quinze reeducandos da Unidade Prisional de Itacoatiara (UPI), localizada a 177 quilômetros de Manaus, vêm recebendo qualificação profissional para garçom. Este é o primeiro curso voltado para a área realizado em um presídio do Estado.

A profissionalização é oferecida pela Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio da empresa Umanizzare Gestão Prisional, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (Senac).

A qualificação tem carga horária de 40 horas e será ministrado num ambiente com espaço adequado para a realização de curso profissionalizante para os privados de liberdade, sob o comando do professor Kalebe de Oliveira.

Foto: Divulgação

Segundo o diretor da UPI, Antônio Enrique Cordeiro, muito além do conhecimento técnico necessário para ser uma profissional da área, a qualificação busca despertar nos internos mudanças de comportamento, incentivadas pela melhoria da autoestima e da ressocialização e inserção no mercado de trabalho.

“Com o crescimento do setor, empresários do Amazonas fazem ‘upgrade’ em restaurantes, bares e franquias, a expansão anual é em torno de 10% para o setor de alimentação fora de casa gerando aproximadamente 450 mil novos empregos por ano, sendo mais da metade só para a profissão de garçom”, ressaltou o diretor com base nos dados da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel).

Um dos reeducandos que prefere não ter o nome divulgado e que vai participar da capacitação falou sobre as perspectivas de ter uma profissão.

“Com esse curso descobri que trabalhar honestamente dá dinheiro, e sem o peso de estar fora da lei. Hoje posso dizer que mudei de vida, quero andar para frente, desta vez ralando, com um trabalho digno”, garantiu.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui