Seduc inicia monitoramento de alunos para combate ao Covid-19

Uma série de medidas estão sendo adotadas para prevenção - Foto: Arquivo/Seduc

A partir da próxima terça-feira (17/03), a Secretaria de Estado de Educação e Desporto vai monitorar as ausências por motivos de doença nas escolas da capital e do interior. A ação faz parte de uma série de medidas que estão sendo adotadas para a prevenção ao vírus Covid-19 na rede pública estadual de ensino.

Todos os os gestores receberão fichas que deverão ser preenchidas diariamente e, em caso de situações atípicas, encaminhadas à secretaria. Em caso de registro de faltas por doença, a escola deverá buscar informações com os familiares sobre o diagnóstico médico dado ao paciente. A partir do diagnóstico sob orientação médica, os gestores deverão informar à Coordenadoria de Saúde Escolar da secretaria.

Com as informações sendo atualizadas, a Secretaria de Educação poderá atuar junto à Fundação de Vigilância em Saúde (FVS-AM) com foco na orientação e no plano de ação para o combate do Covid-19. “Nosso foco é na prevenção, por isso vamos monitorar. Caso identifiquemos alguém com o CID de doença respiratória grave, vamos buscar auxiliar para não causar tumulto e não prejudicar as atividades escolares”, destacou a coordenadora, Delta Segadilha.

Todas as orientações serão repassadas aos profissionais durante os encontros agendados para a próxima semana.

Calendário de atividades

Na próxima semana, a Secretaria de Educação terá uma extensa agenda em torno da campanha de prevenção a combate ao Covid-19. As atividades começam na terça-feira (17/03), com as formações de gestores e coordenadores para atuarem diretamente nas escolas.

Para o interior, serão realizadas palestras informativas por meio do Centro de Mídias da Educação do Amazonas (Cemeam), que é a maneira mais rápida de se alcançar as unidades escolares dos 61 municípios do interior do Amazonas.

Após as orientações, as escolas deverão apresentar um plano de ação com atividades e conscientização para o combate e prevenção do vírus Covid-19. “Os encontros vão ser com os profissionais que vão ser multiplicadores. Cada escola vai ter que desenvolver seu plano de ação com as atividades educativas de prevenção”, explicou Delta Segadilha.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui