Sérgio Hondjakoff, o ‘Cabeção’ de Malhação, nega cárcere privado em clínica de reabilitação

Sérgio Hondjakoff, o Cabeção de 'Malhação' - Foto: Reprodução

O ator, Sérgio Hondjakoff, 36 anos, o ‘Cabeção’ de ‘Malhação’, estava entre os 42 pacientes internados em uma clínica alvo de operação policial em Pindamonhangaba, no interior de São Paulo. A informação é do ‘Vale Urgente’

A ação do Ministério Público e da Polícia Civil, realizada na última quarta-feira (4), investiga denúncias de que pacientes eram mantidos no local em cárcere privado e enfrentando situações de constrangimento e maus tratos .

Segundo o MP, grande parte dos pacientes estavam na clínica contra a vontade própria e sem a devida autorização da Justiça.

O ator que ficou conhecido por interpretar o personagem “Cabeção”, na série ‘Malhação’, Globo foi libertado com outras 41 pessoas que estavam em quartos trancados pela parte externa da clínica.

Os pacientes relataram ainda que a clínica impedia o contato deles com seus familiares.

De acordo Ministério Público, a clínica tem um histórico de denúncias de irregularidades.

O ator é pai de Benjamin, que nasceu em julho do ano passado. Sérgio tentou ser funkeiro, e participou do reality Made In Japão, comandado por Sabrina Sato aqui na Record TV.

Procurado, o empresário e amigo de Sergio, Dino Boyer, nega que o ator estava na clínica interditada. Ele disse ao KTV que o amigo está passando uns dias com a mãe, em Resende, e que não vai se pronunciar sobre o assunto. O curioso é que Serginho não aparece nas mídias sociais desde maio. Em outras ocasiões, quando surgiram boatos envolvendo o nome dele, o ator fez questão de se pronunciar e desmentir em vídeos,

“Toda hora surge um boato desses. Uma hora matam ele, na outra, estava em clínica. Não é verdade. Mas o Serginho não quer falar”, disse Dino.

R7

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui