Sobe para 17 o número de mortos em desabamento de prédio no Camboja

Interior da fábrica da Yamaha em Manaus - foto: Blog da Infomoto - Uol

As autoridades do Camboja elevaram neste domingo (23) para 17 o número de mortos e para 24 o de feridos no desabamento de um prédio em construção na cidade litorânea de Sihanoukville ocorrido um dia antes, enquanto continuam as buscas por sobreviventes entre os escombros.

O desabamento do edifício de sete andares, propriedade de uma companhia chinesa, aconteceu no começo da manhã do sábado e as autoridades anunciaram que já foi nomeada uma equipe que fará a investigação sobre o que aconteceu, enquanto em relação a este fato foram detidas quatro pessoas.

Imóvel pertencia a um chinês e estava 80% construído antes do desabamento – Foto:Sun Rethy Kun/AFP

Em comunicado, o governo provincial afirmou que mil soldados continuam nos trabalhos para resgatar as pessoas presas nos escombros.

Por meio das redes sociais, o primeiro-ministro do Camboja, Hun Sen, classificou o acidente como “tragédia dolorosa” para a nação e anunciou uma compensação de US$ 10.000 por cada um dos mortos.

A cidade de Sihanoukville vive um auge de construção de hotéis e cassinos por parte de investidores chineses dirigidos principalmente a turistas desse país.

Fonte: G1

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui