Suframa e Prefeitura alinham projeto para futuro Truck Park na BR-319

Foto: Antônio Pereira/Semcom

Para oferecer à população espaços públicos de qualidade, uma prioridade na gestão do prefeito David Almeida, o planejamento para melhoria do tecido urbano é mais vital do que nunca. Espaços abertos para estimular o uso da comunidade, para gerar conexões de serviços, são propostas da Prefeitura de Manaus e, ontem sexta-feira, 4/2, esteve na pauta o Distrito Industrial, na zona Sul.

A diretoria do Instituto Municipal de Planejamento Urbano (Implurb), equipe da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa) e membros do Conselho Municipal de Gestão Estratégica (CMGE) participaram de reunião sobre o Truck Park – BR-319, dentro do plano estratégico de urbanização de Manaus. Pela Suframa, participou o superintendente-adjunto de Projetos (SPR), Dower Morini Borges.

“Há uma alta demanda por este tipo de projeto de valor arquitetônico, social e econômico, regenerando o espaço urbano existente ali na rodovia que dá acesso à BR-319 e ao porto da Ceasa. A reunião foi de retomada das tratativas entre prefeitura e Suframa. Na próxima semana, vamos apresentar mais detalhes do projeto desenvolvido pelo Implurb, o conceito urbanístico, ampliando a discussão de forma presencial”, disse o diretor-presidente da autarquia, engenheiro Carlos Valente.

Para Valente, é importante avançar na proposta de dotar o território de melhor logística e de infraestrutura, para o processo de carga e descarga na capital. “O prefeito David Almeida determinou atenção para dar uma nova roupagem ao Distrito Industrial e precisamos melhorar este passivo, dar uma organização, fluxo ao tráfego e melhores condições de operação para os caminhoneiros que chegam à cidade”, explicou o engenheiro.

Inicialmente, o Truck Park envolve uma área de 90 mil metros quadrados, incluindo estrutura para serviços com posto de combustível, estacionamento, restaurantes, borracharias, apoio logístico, praça, arborização, paisagismo, autopeças, supermercado, entre outras operações.

Foto: Antônio Pereira/Semcom

Visitas

Arquitetos do Implurb já fizeram visitas in loco e voos de drone no local para abrigar o Truck Park. A ideia é dotar o espaço de uma área, próxima à saída das balsas, de uma estrutura de serviços voltada para quem acessa o trecho da rodovia.

“O Truck Park poderá oferecer diversos atendimentos para os caminhoneiros, como borracharia, autopeças, vulcanizadora, posto de combustível, restaurante, banheiros e infraestrutura de pequenas ações de saúde. Estamos desenvolvendo, com a equipe e apoio da Suframa, o conceito apropriado, fazendo estudo em outras regiões do Brasil. Queremos oferecer um tratamento mais humanizado e digno para os transportadores de cargas, de quem usa o trecho da BR-319. Estes estudos estão sendo feitos pela prefeitura e Suframa”, afirmou Valente.

Outros atores das esferas estaduais e federais deverão se somar ao planejamento para consolidar propostas equilibradas e eficientes para oferecer a Manaus uma nova rota de entretenimento, oferta de serviços, com segurança, cultura e revitalizada.

Vocação

A vocação econômica industrial e tecnológica do Distrito o faz um polo eminentemente produtor de riqueza e o objetivo de um novo distrito é pensar na humanização para mais de 100 mil trabalhadores que circulam pelo bairro diariamente, entre efetivos, temporários e mão de obra terceirizada.

Em infraestrutura urbanística, um dos pontos é recuperar o calçadão da Suframa, com áreas verdes, de convivência, paisagismo, playground e mobiliários e ampliar os serviços oferecidos para quem chega ou parte pela BR-319.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui