Talk show ‘Quem é você na fila do pão?’ estreia dia 15 de dezembro


O talk show “Quem é você na fila do pão?” estrea no dia 15 (terça-feira) de dezembro, simultaneamente nas redes sociais do projeto no Instagram (@quemevoce.nafiladopao), Facebook (Quem é você na fila do pão?) e YouTube (Quem é você na fila do pão?).

Os episódios serão publicados diariamente até o dia 26 (segunda-feira) de dezembro e ficarão disponíveis nas plataformas para visualização permanentemente.

A série de entrevistas foi gravada durante a manhã e a tarde deste domingo (06/12), no Piaf Restaurante e Café, localizado na rua 10 de Julho, 443, Centro, zona sul de Manaus, cujo proprietário, Douglas Rodrigues, cedeu espaço para as gravações.

O criador do projeto, o ator, diretor e produtor cultural Paulo Queiroz, explicou que cada entrevista terá duração de 20 minutos, com um dos 11 artistas selecionados. Os entrevistados foram Mara Pacheco (Espaço Cultural), Wendy Lady Oha (Música), Gabriela Barbosa (Teatro), Teffy Rojas (Circo), Rayane Lacerda (Literatura), B-Girl Vivi (Hip-Hop), Priscilla Espíndola (Dança), Idemar Vale (Cultura Infância), Karapãna (Artes Visuais), Jonavegante (Manifestações Culturais) e Remy Sampaio (Audiovisual).

Foto: Divulgação

Também participaram das gravações o coreógrafo Jorge Kennedy, as atrizes Francy Junior e Narda Telles, a palhaça Ana Oliveira, a escritora Márcia Antonelli, o B-Boy Mayking, a coreógrafa Carmem Arce, o pedagogo Ricardo Lopes, o antropólogo João Paulo Lima Barreto Tukano, a cantora e compositora Lucinha Cabral e o ator Adanilo. Cada um apadrinha, dentro de sua área de atuação, um dos 11 artistas selecionados.

Cada um dos entrevistados chamou a atenção por seu talento e por sua história pessoal, dentre eles o indígena Joilson Paulino, que adotou o nome artístico Karapãna, em homenagem a sua etnia. Karapãna tem 46 anos, atua como artesão, artes visuais (pintura corporal e pintura em tecido), ator e professor. Para ele, ser índio e artista é algo natural, pois, a arte está presente no cotidiano dos índios, diferentemente das pessoas não indígenas.

Foto: Divulgação

Arte e humor – Quem conduziu as entrevistas foi a cômica apresentadora Filó, a Básica, personagem interpretada por Paulo Queiroz. Ele conta que a personagem foi criada há mais de 30 anos para um evento de uma empresa no Polo Industrial de Manaus (PIM) que solicitou uma produção cômica para o artista para entreter os convidados.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui